Tribanco anuncia aporte na T10

Tribanco anuncia aporte na T10

O Tribanco, empresa de soluções financeiras voltada ao varejo e que pertence ao Grupo Martins, anuncia o seu novo investimento ao se associar com a T10. Com DNA digital, a empresa nasceu em 2019, ganhando inclusive dois desafios de Open Innovation nacionais, e depois, identificando uma dor de diversos setores, evoluiu sua atuação para duas vertentes: engenharia de software e ciência de dados.

A T10 promove a transformação digital em empresas de diferentes setores da economia, auxiliando-as no desenvolvimento de produtos digitais, com soluções fornecidas por meio de tecnologias modernas e escaláveis, com consultoria em estratégia de dados, trazendo inovação e expertise para todos os clientes. “Desde agosto de 2020 fizemos parcerias em projetos, com desafios técnicos, e logo percebemos a sinergia que havia entre as duas empresas, com muitas oportunidades de negócios. Vimos na T10 um enorme potencial de melhoria em nossas soluções com os clientes, acelerando nossa transformação digital e execução do plano estratégico”, afirma Camila Martins, Gerente de Estratégia e Novos Negócios do Tribanco.

Com atendimento a clientes como Shopper, GVC Rodobens e Souza Cruz, o faturamento entre 2019 e 2020 cresceu seis vezes, e para 2021 a previsão é de crescer mais seis. “Houve uma sinergia clara, pois, sempre nos baseamos num diálogo aberto, sempre nos sentimos confortáveis de colocar nossos desejos e nossos receios, tudo sempre foi muito bem atendido e o Grupo tem uma reputação sólida com outros empreendedores e no mercado. O casamento de valores e da forma de fazer negócio sempre tornou tudo muito natural o que se refletiu no tempo recorde para o primeiro deal, pouco mais de um mês de conversas e a segunda rodada já acontecendo um ano antes do esperado, motivada principalmente pelo bom desempenho da parceria e a confiança desenvolvida”, conta Yann Machado, CEO e fundador da T10.

Agora, com a força do Tribanco e do Grupo Martins junto à T10, a ideia é abrir outras frentes à tecnologia de mercado e à carteira de fornecedores. “Temos um grupo sólido com várias empresas que são um celeiro de desafios técnicos, que nos entregam novos clientes, diversas oportunidades de negócio nas empresas, fornecedores de confiança e toda a experiência de um grupo com quase 70 anos de empreendedorismo. Do nosso lado, conseguimos ajudar as empresas a se digitalizarem de maneira mais eficiente, acelerar as frentes de engenharia de software e ciência de dados, que são nossas especialidades. Um outro objetivo que vislumbramos é ajudar o Grupo a desenvolver algumas características na cultura que são mais próximas da nossa, como a mentalidade ágil e lean, a cultura dev para a áreas técnicas, mentalidade de desenvolvimento de produtos digitais e também fortalecer os movimentos que já existem ligados a diversidade”, complementa Machado. 

O movimento das empresas demonstra abertura para a inovação e parcerias mais estruturadas. Além disso, o Tribanco e a área de novos negócios da empresa, continua olhando para novas possibilidades que envolvem também investimentos em startups, que atuem em áreas como cibersegurança, open banking, seguros, gamificação, fidelidade e programas de relacionamento com os clientes, e o que pode envolver a estruturação de um veículo de corporate venture capital. 

Comments are closed