Fusões & Aquisições (M&A) como estratégia de crescimento das empresas de médio porte

Fusões & Aquisições (M&A) como estratégia de crescimento das empresas de médio porte

Especialista da Redirection International orienta sobre como planejar transações de Fusões & Aquisições no segmento de middle market

O mercado de Mergers & Acquisitions (M&A) está aquecido no Brasil e, segundo dados do portal Fusões & Aquisições, o segmento de middle market (empresas de médio porte) vem se destacando com 350 transações (com valores entre R$ 50 e R$ 499 milhões) entre janeiro e setembro deste ano, crescimento de 77% em relação ao mesmo período do ano passado. E a tendência é que este cenário continue nos próximos meses, segundo João Caetano Magalhães, diretor da Redirection International, empresa especializada em transações no middle market.

Com tantas oportunidades, é preciso ter um bom planejamento para que o processo seja bem-sucedido. João Caetano Magalhães explica que as empresas de médio porte podem e devem fazer aquisições para se manterem competitivas no mercado, principalmente se contarem com uma assessoria especializada para conduzir toda a negociação.

De acordo com Magalhães, os dados positivos do segmento demonstram uma mudança no perfil das transações locais, uma vez que o mais comum era que as médias empresas (principalmente empresas familiares) fossem adquiridas por grandes corporações. “O que se observa é que muitas empresas de médio porte já entenderam a importância de uma boa estratégia de aquisições para se manterem competitivas ou acelerarem o crescimento. Ao invés de ficarem na defensiva, partem para o ataque e investem mais em M&A”, afirma.

O especialista destaca que as operações em M&A podem acelerar de forma expressiva o crescimento das médias empresas, com aporte de capital, ampliação do mercado geográfico e sinergia de custos e de vendas (cross selling), entre outros benefícios. Ele cita um estudo realizado pela McKinsey, que aponta que as fusões e aquisições representam cerca de um terço do crescimento das empresas mais competitivas e rentáveis. Por outro lado, as empresas que não crescem têm mais dificuldades de acompanhar as tendências e as inovações, correndo o risco de perder mercado.

Sendo assim, o processo de fusão e aquisição deve ser visto como um componente importante da estratégia empresarial. Segundo Magalhães, o processo de M&A requer planejamento e organização, com profissionais que possam se dedicar exclusivamente à transação, que pode levar meses para ser concluída.

Neste processo, é importante coletar todas as informações possíveis da empresa que se pretende adquirir antes da tomada de decisão. “Nem sempre as empresas menores têm as informações organizadas, por isso, é fundamental contar com assessoria especializada que possa reunir todos os dados antes de concretizar a transação”, explica Magalhães. Além disso, muitas das empresas de médio porte não possuem departamentos específicos de M&A para conduzir o processo de mapeamento, abordagem e negociação. Assessorias especializadas nesse tipo de transação podem participar de todo o processo e ajudar a entender melhor a dinâmica do mercado.

Comments are closed