ZAK, "Toast da América Latina", anuncia aporte de R$ 80 milhões para se consolidar como plataforma de gestão All-in-One para restaurantes

ZAK, “Toast da América Latina”, anuncia aporte de R$ 80 milhões para se consolidar como plataforma de gestão All-in-One para restaurantes

A ZAK, plataforma de gestão All-in-One para digitalização e empoderamento financeiro de restaurantes, anuncia nesta quarta-feira, 10, o aporte Série A de R$ 80 milhões (USD 15MM), liderado pelo fundo Tiger Global, líder mundial em investimentos tecnológicos. A rodada contou também com a participação dos fundos Valor Capital, Monashees, Base 10 e Canary.

A Digital Restaurant Platform é a única empresa do mercado de Food Service que oferece soluções digitais e financeiras integradas em um sistema único, moderno, fluído e com custo fixo zero. Oferecendo tudo o que um restaurante precisa, desde registros de pedido de salão (PDV) e vendas online, até o back-office e pagamentos, além de ser diretamente integrada com agregadores, como iFood, Ubereats e Rappi. “Ela foi construída por um operador, para operadores”, diz David Grandes, cofundador e co-CEO da ZAK.

Este aporte permitirá à empresa expandir seus esforços de Go to Market, melhorando a eficiência e a escala de vendas e distribuição. A ZAK está atualmente estabelecida em centenas de restaurantes em São Paulo, e com o investimento, espera também crescer e expandir significativamente para outras cidades como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas, Brasília e Salvador. A meta da empresa é processar R$ 350 milhões por mês em volume total de pagamentos (TPV) até o final de 2022.

Além disso, a ZAK conta com um time com mais de 170 pessoas e espera dobrar seu número de funcionários até o final de 2022. E, principalmente, o investimento permitirá ainda que a empresa forneça uma plataforma All-in-One cada vez mais completa, incluindo serviços como Customer Relationship Management (CRM) e Marketing Automation (automatização de tarefas de marketing digital). Por meio de dados qualificados, os restaurantes serão capazes de aumentar sua presença no canal omnichannel.

Fundada em 2018, a ZAK se originou dentro de outra empresa, a Mimic, uma Dark Kitchen especializada em produzir comida em escala com vendas em canais online. Como empresa independente, chegou para resolver diversas dores do mercado, e otimizar a operação de entrega, tudo por meio de soluções inovadoras. “Utilizamos tecnologia de ponta para digitalizar e empoderar o setor de Food Service”, completa Grandes.

Por trás da ZAK estão dois equatorianos, apaixonados pela indústria de restaurantes. David Grandes e Andres Andrade são amigos de infância e, juntos, fundaram e comandam a startup como co-CEOs. Grandes possui larga experiência em tecnologia, com passagens por empresas de alto renome, entre elas Tripadvisor, OLX e Restorando. Já, Andrade, tem vivência global nas áreas financeira e estratégica. No Brasil, conheceram Marina Lima (ex-Printi e Pátria Investimentos), que ocupa o cargo de Chief Revenue Officer (CRO), na ZAK, e faz parte do time de fundadores desde a fundação da Mimic.

“Integrar sistemas por meio da tecnologia é o futuro de muitas indústrias. Além de oferecer um produto global pensado em empoderar restaurantes, a ZAK tem uma equipe diferenciada com uma visão única do mercado de restaurantes no Brasil e provaram que podem oferecer soluções inovadoras para os principais desafios do setor”, diz John Curtius, Sócio da Tiger Global.

Com o avanço da tecnologia, a transformação do setor de Food Service era inevitável. Diante do impacto do novo coronavírus, os restaurantes se viram forçados a ceder ao processo de modernização e digitalização e precisaram se reinventar para sobreviver. “Restaurantes exigem uma operação extremamente complexa e é preciso pensar em soluções que tragam mais receita e tornem essa operação mais eficiente, enquanto entregam uma experiência incrível aos consumidores”, explica Andrés Andrade, cofundador e co-CEO da ZAK. “Queremos empoderar os restaurantes, conectando toda a cadeia de gestão e agregar valor ao mesmo tempo. Isso inclui, por exemplo, possibilitar o fim de taxas fixas de PDV, SAAS (Software)”, completa.

Por meio de uma plataforma única e com base em dados sobre as vendas, custos operacionais e execução, a startup busca oferecer aos restaurantes as melhores soluções digitais com custo zero, unidos aos melhores serviços financeiros oferecidos pelo mercado. “A ZAK é o Toast da América Latina”, afirma Andres. As transformações recentes exigiram também uma comunicação direta com o consumidor. Pensando nisso, a ZAK criou uma solução que viabiliza aos restaurantes um canal direto e whitelabel, já com logística e pagamento integrados.

Comments are closed