Líbero recebe aporte de R﹩12 milhões e lança insurtech 100% digital

Líbero recebe aporte de R﹩12 milhões e lança insurtech 100% digital

A Insurtech Líbero inicia em novembro sua primeira operação comercial, com uma linha de seguros 100% digital e consultiva. A empresa, que recebeu aporte de R﹩12 milhões, aposta nesse que é um produto inovador para lançar a insurtech. Com o objetivo de democratizar e simplificar a comercialização e com foco na experiência do usuário, a Líbero apresenta ao mercado uma plataforma completa com os principais produtos consumidos atualmente: vida, bike, auto e residencial.

Os sócios, que possuem múltiplas experiências no mercado de seguros, financeiro e marketing, buscavam alternativas nas seguradoras para simplificar as ofertas de crossel e upssel e assim tiveram a ideia de criar seu próprio modelo de negócio.

No primeiro semestre de 2021 a Líbero levantou R﹩2 milhões e, com a chegada do sócio-investidor Hatsuia, captou mais R﹩10 milhões para impulsionar a segunda fase do projeto, em 2022, como explica o sócio da insurtech, Tiago Souto. “Esses investimentos darão aos corretores acesso para utilizarem a plataforma com uma experiência inovadora. Nossos parceiros terão acesso à plataforma de forma personalizada, utilizando sua logomarca e disponibilizando um link para seus prepostos ou parceiros nos formatos B2B e B2B2C”, aponta o sócio.

A inteligência artificial aplicada na plataforma foi desenvolvida para entregar a melhor recomendação de acordo com a necessidade do cliente. “Nossa intenção é levar ao mercado uma experiência simples e sem frustrações. A tecnologia traz os caminhos, porém quem escolhe a forma de contratação é o consumidor. A partir do momento que o cliente entra no site, ele pode fazer todo procedimento de maneira digital e personalizada para suas necessidades. Dessa forma, o processo ganha agilidade e garante ao cliente rapidez sem perda de qualidade”, destaca o sócio.

Além dos investimentos e toda a inovação, a Líbero apresenta ao mercado o primeiro produto Bike 100% digital, através da plataforma desenvolvida. Essa modalidade de seguro, pouco comercializada pelos corretores devido a deficiência do sistema ofertado pelas seguradoras, também é pouco consumida pelo mercado de 33,1 milhões de bicicletas. Atualmente 0,3% de bikes são asseguradas no Brasil. “Após 12 meses de trabalho, contratações e investimentos, nós temos certeza que desenvolvemos um produto que agrega valor para o consumidor e corretor”, finaliza Peterson Freitas, sócio da companhia.

Comments are closed