Amcham premia Trashin como a melhor startup do Brasil

Amcham premia Trashin como a melhor startup do Brasil

Foto: Carlos Macedo)

Menos de 24 horas após ser anunciada, pelo segundo ano consecutivo, entre as 100 startups mais atraentes do mercado brasileiro pela 100 Open Startups, a Trashin, startup de logística reversa, gestão de resíduos 360º e ESG, conquista o título de Melhor Startup do Brasil no Amcham Arena 2021, prêmio promovido pela Câmara Americana de Comércio para o Brasil (Amcham). 

A premiação analisou mais de 600 startups de todas as regiões do país e registrou mais de 1.800 votos de CEOs das mais diversas companhias do mercado nacional. As empresas finalistas que concorreram com a Trashin foram Banib, Eco Panplas, OMINE/Prakaranga, PWTECH e Thummi. Todas estas eram dos segmentos de transformação digital e produtiva do país, com iniciativas que promovem ganhos de produtividade, gestão, ou de redução de custos e impacto ambiental

Após o anúncio da grande vencedora da premiação, o CEO da Trashin, Sérgio Finger, comemorou a conquista do Amcham Arena 2021. “Esta conquista é da Trashin, de todos os nossos parceiros e também de toda essa cadeia de trabalho que tenta, diariamente, transformar  a realidade da gestão de resíduos em nosso país”, afirmou. 

De acordo com a Amcham, o foco da competição é avaliar quais são as startups que possuem o maior potencial inovador e crescimento de alto impacto no mercado nacional. 

Atuação da startup

 A Trashin atuou em diversas parcerias ao longo deste ano que possibilitaram à startup garantir o título de campeã da Amcham Arena 2021 e figurar pelo segundo ano seguido no 100 Open Startups

De acordo com o CEO, transformar as empresas por meio de práticas ESG, além de promover inovações nos serviços de logística reversa e gestão de resíduos, foi crucial para ambas as conquistas. Finger ainda detalha que, para 2022, o objetivo da startup é ampliar o número de parcerias estratégicas.

 “Vencer o Amcham Arena 2021 em menos de 24 horas após ser anunciada como uma das 100 startups mais atraentes pela 100 Open Startups reforça que nosso propósito de transformar as companhias parceiras por meio de práticas ESG, e através de mecanismos de mercado, é o correto. Com isso, queremos conseguir impactar, cada vez mais, positivamente as comunidades em que estamos inseridos”, finaliza.

Comments are closed