Mapeamento inédito revela que Ribeirão Preto e São Carlos abrigam 481 startups

Mapeamento inédito revela que Ribeirão Preto e São Carlos abrigam 481 startups

Um estudo feito pelo Supera Parque de Inovação e Tecnologia, de Ribeirão Preto, em conjunto com a Liga de Empreendedorismo de São Carlos (LESC), mapeou quem são os atores que integram o ecossistema de inovação e empreendedorismo das duas regiões. O TechMap, lançado no dia 19 de outubro, mostra que, juntas, as cidades somam 481 empresas em 21 diferentes segmentos. O mapeamento está disponível para download na página https://www.techmap2021.com.br/.

Para a pesquisa foram considerados dados coletados em 2021 por meio de formulários e informações de estudos anteriores. Todas as informações foram agrupadas e organizadas em uma base de dados única.

Eduardo Cicconi, gerente do Supera Parque, enfatiza que o mapeamento em conjunto fortalece o ecossistema de inovação ao trazer dados mais completos. “Buscamos conhecer melhor o ecossistema, suas empresas e as diferentes áreas de atuação. Esse mapa servirá para visualizarmos, com mais precisão as informações e subsidiar os empreendedores na análise de oportunidades de negócios, buscando maior assertividade em suas estratégias de atuação. É uma excelente oportunidade para todos conhecerem a potencialidade das regiões e gerar valor para o ecossistema”, diz.

Para Paola Lescura, líder do mapeamento da LESC, a parceria estratégica colabora com a integração do ecossistema empreendedor das duas regiões. “O TechMap nos permite unir forças na produção do mapeamento e é mais um passo para aumentar a visibilidade nacional da região como referência em tecnologia, inovação e empreendedorismo”, comenta.

A parceria entre o Supera Parque e a LESC leva em consideração o compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da agenda 2030 da ONU, que prevê a melhoria da cooperação regional e o acesso à ciência, tecnologia e inovação, bem como aumentar o compartilhamento de conhecimentos.

Principais resultados e insights


O mapeamento TechMap revela que há 481 empresas na região metropolitana de Ribeirão Preto e na cidade de São Carlos. Desse total, 133 (27,7%) estão classificadas no segmento que inclui empresas de tecnologia da informação. Já 15,2% (73) são da área Healtech e 7,9% (38) fazem parte do segmento Edtech.

Outro dado interessante é que quase 50% das dos novos negócios foram iniciados entre os anos de 2018 e 2020. Em relação a fase de desenvolvimento, 29,9% está na fase de operação e 24,9% na fase de tração.

Neste estudo também foi possível observar que a idade predominante dos empreendedores está entre 35 e 40 anos, representando 32,2% do total, mas que há uma alta diversidade de setores de atuação e perfil de empreendedores.

“O mapeamento aponta dados que servem de balizador para atrair oportunidades e apresenta informações confiáveis que nos fazem sair do achismo. Traz dados que podem ajudar no realinhamento do modelo de negócios ou até mesmo no surgimento de novos negócios”, diz Lescura.

Metodologia do mapeamento


O mapeamento tem caráter exploratório, tendo cumprido as etapas de coleta, tratamento, classificação e análise de dados. A pesquisa foi realizada entre abril e maio desse ano, com ampla divulgação pela mídia e junto a atores do ecossistema regional de inovação.

Denise Arruda, pesquisadora e uma das responsáveis pelo projeto, comenta que a coleta de dados é uma importante etapa para extrair informações mais fidedignas sobre o ecossistema que está inserido. “Buscou-se identificar padrões em tecnologias e tipos de produtos oferecidos pelas organizações, suas etapas de desenvolvimento, público alvo, parcerias realizadas e as dificuldades enfrentadas na nossa região. Vale ressaltar que este é um estudo dinâmico, com atualizações periódicas para que novas startups sejam inseridas e atualizadas. Assim, a colaboração das startups é fundamental para aprimorar o estudo”, destaca.

Para seleção de startups e empresas foram consideradas empresas jovens de base tecnológica, com página ativa na web (site, Linkedin ou Facebook) ou que estão em portfólio de aceleradoras e incubadoras de startups. Outro filtro do mapeamento foi a exigência para que as empresas participantes estivessem localizadas em pelo menos um dos municípios da região metropolitana de Ribeirão Preto ou na cidade de São Carlos.

As empresas interessadas em agregar a pesquisa e participar da próxima edição devem ficar atentas aos canais do Supera Parque, da Lesc e do site do TechMap.

Comments are closed