Startup Inventa capta R﹩ 30 milhões e mira no atacado online para pequenos varejistas

Startup Inventa capta R﹩ 30 milhões e mira no atacado online para pequenos varejistas

A Inventa, plataforma que oferece aos pequenos e médios empreendedores e lojistas um processo de compra simples e rápido por meio de tecnologia, anuncia a captação de R﹩30 milhões em uma rodada de investimento SEED, com participação de fundos como NXTP, PearVC, OneVC e Maya Capital.

Fundada no início do ano, a startup atrai atenções com o rápido crescimento, ao redor de 150% mês a mês, ao utilizar tecnologia para proporcionar uma compra mais eficiente e assertiva para os pequenos negócios. A Inventa é uma plataforma online que permite que varejistas façam suas compras online em um só lugar, além de receberem recomendações dos produtos que vendem mais de acordo com seu perfil com base em dados de transações reais e fornecendo crédito para que aumentem suas vendas e se tornem mais competitivos.

O aporte chega em momento de forte expansão para a empresa que, nos últimos meses alcançou a marca de 5 mil produtos oferecidos, com 200 marcas na plataforma, atendendo mais de 3 mil lojistas com uma estrutura que já conta com mais de 50 funcionários, a maioria deles na área de tecnologia. Com a capitalização, a Inventa pretende ampliar sua tecnologia para poder beneficiar ainda mais os pequenos e médios empreendedores, além de expandir áreas estratégicas como marketing e vendas.

“Estamos muito animados em sermos parceiros da Inventa enquanto eles constroem o marketplace de atacado B2B na América Latina, conectando marcas líderes com vendedores independentes em diversas categorias de produtos”, diz Darly Bendo, diretor de investimento na NXTP Ventures. “A penetração online nesse mercado de atacado na América Latina ainda está nos ‘single-digits’, e a Inventa está bem posicionada naquilo que acreditamos ser uma tendência de muitas décadas, que é a digitalização desse mercado. A plataforma da Inventa já é muito buscada por vendedores e marcas no Brasil hoje.”

Fundada por Marcos Salama, que liderou a unidade de supermercado do Rappi pelos últimos 4 anos após seu MBA em Stanford, Fernando Carrasco, Sr. Expert em Data Science na Mckinsey com MBA em Columbia e Laura Camargo antes investidora na General Atlantic e depois VP de Finance do Gympass, a Inventa nasceu com a missão de empoderar pequenos varejistas do Brasil inteiro, revolucionando a forma como fazem negócios através de tecnologia, dados e crédito.

Segundo conta o CEO Marcos Salama, a Inventa nasceu da constatação de que pequenas empresas ainda estão muito longe de serem inseridas no mundo digital, e de que todo o seu processo de compra parou no tempo.”O mercado criou ferramentas para que marcas que atendem o B2C pudessem integrar o cliente na forma de consumo online, Rappi, iFood, Magalu, Amazon, por exemplo – têm ajudado os consumidores a fazerem pedidos online, no entanto, quando você olha para as pequenas empresas, a maioria das compras ainda é feita como era há 30 anos. totalmente offline, dependendo de visitas de representantes de vendas, sem nenhum dado do que vende bem, sem nenhum atendimento ao cliente e com bastante dificuldade de conseguir prazo de pagamento. Na pandemia, essas empresas começaram a vender online também, e agora querem também comprar online. Queremos liderar essa mudança”, conta o executivo.

As oportunidades no mercado brasileiro são imensas. Segundo o IBGE, atualmente o país conta com quase 5 milhões de pequenos e médios varejistas. E, de olho no cenário, a Inventa pretende finalizar o ano com ao menos 100 funcionários, mais de 10 mil lojistas cadastrados e mil marcas parceiras. Para isso o aporte e próximos passos são peças fundamentais. “Temos visto uma resposta impressionante dos nossos clientes varejistas e também das marcas que vendem com a gente. É extremamente gratificante ajudá-los a serem bem sucedidos e se tornarem mais competitivos dia após dia através do uso da tecnologia”, conclui Marcos.

Comments are closed