Desafio da Hotmart termina com mais de R$ 9 milhões em investimentos em startups, aquisição e uma fusão surpreendente

Desafio da Hotmart termina com mais de R$ 9 milhões em investimentos em startups, aquisição e uma fusão surpreendente

Hotmart, empresa global de tecnologia e líder em produtos digitais, anunciou nesta terça-feira (19) os resultados do seu desafio para startups, o Hotmart Challenge – Startup Edition. Ao todo, foram mais de R$ 9,2 milhões investidos no ecossistema, incluindo uma fusão e uma aquisição surpreendentes, além de doação e mentorias a uma startup de tecnologia que desenvolveu um app de comunicação alternativa para crianças e adolescentes. A final foi anunciada no primeiro dia do On Fire, evento online da empresa que está acontecendo até amanhã (21), com mais de 100 horas de palestra.

O desafio foi acompanhado ao longo de uma websérie documental com sete episódios cheia de aprendizados, ideias compartilhadas e descobertas de projetos inovadores em tecnologia, educação e empreendedorismo de todo o Brasil. Foram mais de 600 inscrições.

Após várias etapas de seleção e mentorias, cinco startups receberam aportes financeiros, com valores que ultrapassaram muito as expectativas de R$ 2 milhões. O júri decidiu investir nas empresas Izzi, Biti9, Ekyte, Easymovie e Edita Fácil, além de doar R$ 50 mil para a Matraquinha, que receberá uma mentoria adicional. Além disso, em uma reviravolta fora do script, os jurados decidiram fazer uma proposta de aquisição à BeUni, com avaliação de mercado estimada em R$ 7 milhões.

“Entendemos que havia oportunidades e empresas muito compatíveis com o ecossistema da Hotmart, de educação, tecnologia ou empreendedorismo. Decidimos, portanto, aumentar o investimento inicial e ampliar o impacto positivo no ecossistema, sempre com foco em impulsionar negócios com potencial de mudar a vida das pessoas”, ressalta João Pedro Resende, CEO e cofundador da Hotmart, e também um dos jurados do desafio.

Selecionadas


A BeUni é uma plataforma logística de compra, armazenamento e envio de brindes e produtos personalizados. “A BeUni foi uma aquisição estratégica para a Hotmart. Com ela, nossos criadores de conteúdo poderão oferecer produtos físicos com suas próprias marcas, para seus seguidores mais engajados. Isto é algo que já estava em nossos planos e a BeUni está vindo para acelerar este processo”, explica Frederico Montezuma, Diretor Global de M&A da Hotmart e também jurado.

As empresas escolhidas para o investimento foram as paulistas Easymovie, uma plataforma que facilita a experiência de contratação e produção de vídeos, conectando empresas a produtores de vídeos, e Edita Fácil, que também conecta pessoas que precisam editar vídeos a editores. Juntas, as empresas receberam R$ 350 mil e, ainda em meio às gravações dos episódios, surpreenderam a todos quando decidiram fazer uma fusão e seguir como uma única empresa. “Os fundadores das empresas estavam buscando a solução para o mesmo problema, e ambos tinham lacunas de capacidade em seus times que poderiam ser complementadas entre si. A EasyMovie possuía o produto e a tecnologia, e a EditaFacil possuía a distribuição. Me pareceu uma boa ideia que trabalhassem juntos, eles conversaram entre si, e decidiram juntar forças. Todos saíram ganhando”, explica João Pedro Resende.

Já a Biti9, também de São Paulo, com soluções que automatizam processos administrativos com foco em aumento de produtividade e redução de custos, conquistou R$ 900 mil para investir e ampliar seu RPA (Recibo de Pagamento Autônomo). A tecnologia permite automatizar processos de negócios por meio de configuração de um software “robô”, para capturar informações, efetuar cálculos, processar uma transação, manipular dados, disparar respostas e se comunicar com outros sistemas.

A belo-horizontina Izzi, por sua vez, recebeu R$ 300 mil. A plataforma de gaming conecta coaches e gamers, oferecendo sessões de coaching individual ou em grupo com mais de 15 coaches registrados, incluindo nomes conhecidos em jogos como LoL (League of Legends). “Temos pouca penetração em gaming. A Izzi tem bastante potencial e pode ser nossa porta de entrada para este mercado gigantesco e crescente”, explica Resende.

A última aportada foi a empresa de software de gestão de marketing digital eKyte, de Joinville (SC), com R$ 650 mil. A startup conta com uma plataforma de gestão de marketing digital que ajuda equipes a planejar, produzir e otimizar campanhas de marketing.

Por fim, os jurados do Hotmart Challenge decidiram doar R$ 50 mil para a Matraquinha. O valor ajudará o aplicativo a se estruturar como uma empresa com capacidade para continuar se desenvolvendo e, para completar, a Hotmart irá disponibilizar sessões de mentorias com as equipes internas.
Retorno ao ecossistema

Lançado como parte das ações que celebram os 10 anos da Hotmart, o desafio foi uma das formas de a empresa devolver ao ecossistema a ajuda fundamental que recebeu no início da sua trajetória. Hoje a Hotmart superou o valor de mercado de um unicórnio (mais de U$ 1 bilhão) e se consolidou como um dos líderes globais do setor com mais de 490 mil produtos cadastrados, mais de 30 milhões de usuários pelo mundo e vendas em 188 países.

“Este projeto foi pensado especialmente para empresas que tenham sinergia com a Creator Economy, que ofereçam plataformas, aplicativos e ferramentas que ajudam criadores em desafios encontrados na produção de conteúdos, no desenvolvimento de comunidades, no ensino online, nas transmissões ao vivo, na monetização, e outros”, explica Nathalia Cavalieri, vice-presidente de marketing da Hotmart e jurada. “Quem acompanhou todo o processo aprendeu muito, pois uma das premissas desta iniciativa é produzir conteúdo para que outras empresas ou profissionais possam se inspirar”, complementa.

Comments are closed