Amcham vai levar 30 empresários para fazer benchmark com gigantes chineses

Amcham vai levar 30 empresários para fazer benchmark com gigantes chineses

A Amcham Brasil vai liderar uma delegação de cerca de 30 empresários brasileiros interessados em fazer parcerias e levantar tendências de inovação na China, tendo como foco aplicá-las no mercado consumidor do Brasil. As reuniões de negócio vão acontecer de 29 de novembro a 9 de dezembro com vagas limitadas no www.amcham.com.br/missoes.

A Missão China Going Global 2021 se trata de uma viagem de pesquisa com reuniões de negócios com grandes multinacionais asiáticas e rodadas de consultorias com especialistas em escalabilidade digital de corporações chinesas. A agenda empresarial será 100% digital e focada em temas chaves para a economia brasileira.

“O objetivo principal será conectar negócios brasileiros às megatendências de inovação e tecnologia das grandes corporações chinesas, aprofundando-se no “Novo Doing Business In China. A programação empresarial será dividida 50% com consultores e os outros 50% com reuniões de negócio práticas com as maiores empresas chinesas do pós pandemia”, explica Deborah Vieitas, CEO da Amcham Brasil.

O grupo de empresários brasileiros terá acesso a tendências e benchmarking exclusivos sobre SuperApps, E-commerces, Live Shopping, IA, 5G, Advanced Manufacturing, Digital Finances, e outros temas chaves para a retomada e transformação digital da economia brasileira em diversos setores.

O programa é exclusivo para presidentes de empresas, líderes de startups e diretores de marketing, inovação, tecnologia e produtos de companhias com atuação no Brasil. As reuniões e rodadas com grandes corporações chinesas vão acontecer no fuso horário brasileiro, com tradução simultânea através de sistema integrado às reuniões de negócio.

O novo Made In China

“O plano quinquenal chinês definiu recentemente metas claras para tornar o país em um polo de referência na área de inovação e tecnologia, resultando em um novo boom do varejo, com reflexos expressivos no desenvolvimento de big-techs. É urgente entender esse novo Made in China, tanto para mitigar riscos de concorrência, como para incorporar tendências em vários segmentos”, complementa a CEO da Amcham Brasil.

As Lives Shoppings é um exemplo de força e tendência chinesa no pós-pandemia. Incorporada com sucesso por grandes varejistas brasileiros, a exemplo da Casas Bahia e Americanas, se tornou um fenômeno responsável por movimentar mais de US﹩ 200 bilhões em 2020, gerando mais de 50 mil transmissões ao vivo por dia somente na China.

No Brasil, as Lives Shoppings tem sido responsável por aumentar o faturamento e engajamento de varejistas nacionais que têm se inspirado nos movimentos de inovação do gigante asiático. “Na Missão China da Amcham, os empresários brasileiros vão conseguir analisar e replicar tendências para o varejo, indústria e setor de serviço, seja B2B ou B2C, com a oportunidade de fazer reuniões exclusivas com empresários asiáticos”, explica a CEO da Amcham.

Comments are closed