Magalu é a melhor empresa para trabalhar no Brasil

Magalu é a melhor empresa para trabalhar no Brasil

O Magalu, maior empresa de varejo multicanal do país, ficou em primeiro lugar no ranking 2021 de melhores empresas para trabalhar, elaborado pelo instituto Great Place to Work (GPTW), anunciado na noite desta segunda-feira. A companhia, que conta com 47 000 colaboradores, lidera a lista das empresas com mais de 10 000 funcionários. “Estamos felizes e honrados com esse prêmio”, diz Frederico Trajano, CEO do Magalu. “Ele é o reconhecimento de nossa crença de que as pessoas são o ativo mais importante de uma empresa, e da nossa cultura, baseada em gente que gosta de gente.”

A companhia figura no ranking das melhores empresas para trabalhar desde 1998, segundo ano da premiação. Em 2020, ficou em segundo lugar. O ranking nacional do GPTW é realizado com base em questionários respondidos anonimamente por funcionários das empresas avaliadas. Este ano, o instituto avaliou mais de 4 000 organizações, incluindo multinacionais. O Consórcio Magalu, empresa do Grupo Magazine Luiza, ficou em segundo lugar na categoria de organizações médias nacionais.

“Costumam me perguntar o que nós fazemos para que nossos colaboradores nos avaliem tão bem. Eu digo que não é uma ação ou outra, mas o conjunto da obra. Quando selecionamos as pessoas que se encaixam com a nossa cultura, as respeitamos, desafiamos e valorizamos seu esforço, elas se sentem satisfeitas e entregam um resultado melhor”, afirma Patricia Pugas, diretora executiva de Gestão de Pessoas do Magalu.

Confiança na crise

A pandemia reforçou a relação de compromisso entre colaboradores e o Magalu. No início da crise, a empresa fechou todas as lojas, mesmo em cidades que não impunham a exigência. A liderança também decidiu não demitir funcionários, colocou em home office os colaboradores de grupos de risco e ofereceu serviços de telemedicina e telepsicologia para toda a organização. Na volta ao trabalho, as unidades passaram a obedecer protocolos sanitários e de distanciamento social rígidos. Até setembro deste ano, a empresa realizava testes semanais de covid em sua sede, em São Paulo, e nos centros de distribuição.

O respeito à diversidade é um elemento que contribui para a satisfação dos Magalus, como são chamados os colaboradores da empresa. Uma pesquisa realizada em 2019 revelou que mais de 90% dos funcionários consideravam a empresa não só diversa, mas inclusiva. Em 2020, a companhia realizou uma seleção de trainees exclusiva para pessoas negras, com quase 23 000 candidatos de todo o país. A seleção está sendo repetida este ano e tem o objetivo de aumentar o número de negros na liderança da companhia.

Para atrair e inserir mais mulheres na área de tecnologia, ainda ocupada majoritariamente por homens, o Magalu criou o Luiza Code, curso gratuito de formação em tecnologia para mulheres, que já formou mais de 300 desenvolvedoras de software. “O respeito às diferenças está no nosso DNA. Queremos que nossas equipes sejam diversas porque a sociedade é diversa e olhares diferentes chegam às melhores soluções”, afirma Trajano.

O Instituto GPTW é uma empresa de consultoria, fundada nos Estados Unidos, referência global no mundo dos negócios, que possui afiliados em 59 países, inclusive no Brasil. Conta com oito escritórios em diferentes estados, sendo responsável por avaliar e ranquear todos os anos as melhores empresas para se trabalhar em âmbito regional e nacional. A avaliação que premia as melhores empresas para trabalhar foi criada pelo próprio instituto e conta com um questionário respondido de maneira anônima pelos colaboradores e considera pesquisas de clima e outros rankings temáticos. 

Comments are closed