Startups de empreendedoras brasileiras são selecionadas por programa de aceleração do Google

Startups de empreendedoras brasileiras são selecionadas por programa de aceleração do Google

O Google, em parceria com o laboratório de inovação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e sua plataforma WeXchange, em colaboração com o Centraal – centro de empreendedorismo mexicano, anunciaram hoje as startups selecionadas para o programa de aceleração de empreendedorismo LAC Women Founders Accelerator 2021, voltado para empreendedoras das áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM), cuja as inscrições tiveram início em agosto deste ano.

Ao todo, foram selecionadas 20 startups fundadas por mulheres, dentre elas, quatro brasileiras. Todas passaram por um processo seletivo que contou com a participação de mais de 300 startups de 29 países da América Latina e Caribe, que provaram ter presença e gerar impacto em suas comunidades através de novas tecnologias.


Conheça as startups brasileiras selecionadas para o LAC Women Founders Accelerator 2021:


Carinos: Rede de apoio digital para pais e mães trabalhadores

A Carinos é uma startup no espaço de cuidados infantis e igualdade de gênero que tem como CEO Elisa Mansur. A plataforma se tornou uma rede de apoio personalizada e digital para pais e mães que trabalham, com soluções de cuidados infantis que se adequam às necessidades de cada família com crianças até 6 anos de idade. Entre os serviços oferecidos, estão dicas de produtos e serviços infantis, mentorias sobre parentalidade, concierge para apoio na solução de problemas, webinários para equipes e líderes.


Sofi: Gestão de cobrança de dívida

É uma FinTech com operações no Brasil e Uruguai fundada por Tatiana Pomar, que tem como missão facilitar a vida de milhões de pessoas, ajudando na negociação de dívidas com educação e reinclusão financeira. Para fazer parte, basta criar uma conta no site e selecionar as dívidas que você deseja negociar. Depois, é só escolher como pagá-las ou fazer uma proposta.


Muda Meu Mundo: Plataforma que liga os retalhistas, como mercados e mercearias, a pequenos produtores sem intermediários

A Muda Meu Mundo, que tem como CEO Priscila Veras, conecta o pequeno produtor com o varejo através de inteligência de dados, para uma alimentação sustentável e de impacto positivo em toda cadeia. Sua tecnologia engaja pequenos produtores para comercializarem como varejo, ao mesmo tempo em que consegue gerar benefícios de impacto positivo (social e ambiental) para cada elo da cadeia.


NeuralMind: Plataforma que analisa documentos e imagens usando IA

Sediada no Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, a NeuralMind, fundada por Patrícia Tavares e Roberto Lotufo, é especialista no desenvolvimento de produtos usando técnicas avançadas em Inteligência Artificial. Solucionam problemas complexos que envolvem: processamento de imagens e vídeos, análise de textos, detecção de fraudes, garantia de compliance e reconhecimento de padrões.
Desenvolvem e customizam soluções para clientes, mesmo que não tenham dados estruturados.


Próximos passos das startups selecionadas para o LAC Women Founders Accelerator 2021

As fundadoras e parte das equipes selecionadas terão a oportunidade de participarem do programa de aceleração que segue as melhores práticas do Google for Startups Accelerator, que será apoiado pelo Centraal, o núcleo empresarial mexicano.

Além disso, as empreendedoras receberão ajuda personalizada para investirem no crescimento de suas startups e superarem os principais desafios de seus negócios: terão workshops e sessões específicas sobre concepção de produtos, aquisição de clientes e desenvolvimento de competências de liderança, e terão acesso a uma rede de mentores, especialistas da indústria, investidores de fundos de capital de risco e empresários da rede global do Google, WeXchange/BID Lab e Centraal. Além disso, poderão mostrar o seu progresso em um dia de demonstração, que acontecerá nos dias 1 e 2 de dezembro, como parte do Fórum WeXchange 2021.

O apoio às iniciativas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática (STEM) lideradas por mulheres é fundamental para quebrar a barreira de gênero no campo tecnológico – no campo das startups da América Latina, por exemplo, essa lacuna é bastante crítica. De acordo com os dados da Endeavor Intelligence, apenas 25% das startups tecnológicas na região são lideradas por mulheres e estas empresas são, em média, três vezes menores do que as lideradas por homens.

Por todas estas razões, o apoio a projetos liderados por mulheres é essencial para o Google. “Foram estas iniciativas que conseguiram quebrar as barreiras de gênero na sociedade e que nos permitiram ver um universo de possibilidades relacionadas com a tecnologia e o bem-estar”, diz Francisco Solsona, líder do Google for Startups Accelerator.

Para Ana Luisa Albarran, líder comunitária da WeXchange, esse projeto permitirá mais iniciativas STEM fundadas e lideradas por mulheres, fornecendo ferramentas para seus crescimentos e consolidação em suas regiões de origem. “A LAC Women Founders Accelerator é uma oportunidade única das startups latino-americanas e caribenhas adquirirem a oportunidade de terem ferramentas, conexões e se consolidarem em suas comunidades”, diz ela.

Conheça as outras startups selecionadas para o LAC Women Founders Accelerator, sediadas em outros países da América Latina:


Alquilando: Argentina – Marketplace que simplifica os aluguéis e melhora a experiência de imobiliárias, proprietários e inquilinos.
Aptim: Uruguay – Aplicativo utilizado por empresas para analisar performances e prevenir crises.
Branddu: Colombia – Mercado B2B para merchandising.
EatCloud: Colombia – Gestão de produtos vendidos na indústria alimentícia.
Getin: México – Fornece às lojas físicas análises de tráfego de pessoas.
ioio: México – Plataforma de aluguel de vários produtos, desde bens a serviços.
Kon3cta: Chile – Plataforma de saúde mental para as equipes de organizações motivadas a criarem ambientes de trabalho melhores e mais potentes.
MO Technologies: Colombia – Pontuação de crédito que utiliza inteligência artificial para a inclusão financeira inclusiva e sem descontinuidades.
Prosperia: México – Plataforma voltada para a saúde, que democratiza a detecção precoce e o tratamento de doenças crónicas através da inteligência artificial.
Prometeo: Uruguay – Plataforma de Open Banking.
Snap Compliance: Costa Rica – Empresa de base tecnológica centrada na criação de soluções para gerir os riscos das organizações, de acordo com suas linhas de negócio e a legislação de cada país.
TiendaDa: Peru – Gestão de lojas online.
Tipi: Ecuador – Combina a conveniência do comércio eletrônico com a experiência dos compradores profissionais.
Up Girl: Chile – Aplicativo de transporte para mulheres e crianças
Vinco: México – Ajudam empresas a prepará-las para o futuro, utilizando a educação como um investimento estratégico para melhorar a retenção e a produtividade de sua base operacional.
Wit Advisor: Argentina – Plataforma de gestão de experiência de clientes e empregados.

Comments are closed