Krilltech representará o Brasil em prêmio internacional de startups da KPMG

Krilltech representará o Brasil em prêmio internacional de startups da KPMG

A startup Krilltech, atuante no setor de AgTech, é a grande vencedora da etapa Brasil da premiação internacional “Global Tech Innovator 2021”, da KPMG. Com isso, a empresa representará o Brasil na última etapa da competição internacional do prêmio em Lisboa, Portugal, em evento a ser realizado entre 1 e 4 de novembro de 2021. Na ocasião, as representantes de mais de 15 países farão apresentações a especialistas do setor no palco, e uma vencedora mundial será selecionada como a KPMG Private Enterprise Global Tech Innovator 2021. Conduzida pela KPMG, a iniciativa tem o propósito de apoiar startups que atendam a determinados critérios e tenham potencial de progredir nos negócios, ajudando os principais inovadores tecnológicos globais interessados em assumir a liderança do mercado no futuro.

“Estamos muito felizes em anunciar a startup vencedora brasileira, que se diferenciou no uso intensivo de tecnologia para transformar os negócios e a sociedade, sendo capaz de demonstrar como ser escalável em outros países, principalmente da América Latina. A iniciativa é uma excelente oportunidade para a startup selecionada fazer a disrupção acontecer, sendo uma forte candidata para ganhar a premiação mundial. Avaliamos startups com propostas de valor muito interessantes, escaláveis, tecnológicas e que resolvem problemas reais da sociedade. Não foi fácil chegarmos na finalista, diante da qualidade das concorrentes, mas certamente a vencedora da etapa nacional merece a conquista”, afirma Jubran Coelho, sócio-líder da área de Private Enterprise da KPMG no Brasil e na América do Sul.

A startup vencedora da última etapa no Brasil receberá: instalações para sua exposição no Web Summit, incluindo um estande dedicado e em destaque; passagem aérea e hospedagem; plataforma de exposição e credencial para a conferência; apresentação do seu negócio para a mídia antes, durante e após o Web Summit; participação em eventos da KPMG com expoentes dos negócios e CEOs de empresas globais de capital fechado de rápido crescimento. A ganhadora poderá também se conectar ainda mais a um ecossistema global focado em crescimento de negócios, com tecnologias inovadoras, modelos operacionais robustos, capacidade de demonstrar tração em suas atividades e potencial para atingir escala global.

As 10 startups que concorreram nesta etapa apresentaram seus negócios no dia 2 de setembro a um grupo de jurados especialistas do setor e convidados, os quais avaliaram os pitches e definiram a vencedora nacional. Entre as finalistas da etapa nacional, estavam startups atuantes nos seguintes setores: FinTech, Retail Tech, HR Tech, Blockchain, AgTecg, HardTech, Beauty Tech, CleanTech. Cada apresentação foi julgada com pontuação em seis categorias com o mesmo peso: disrupção e inovação; potencial de mercado; adoção do cliente; tração de mercado e marketing; potencial de longo prazo; e qualidade da apresentação (pitch). Os jurados da última etapa no Brasil foram os seguintes: Sandra Boccia (Editora Globo S/A), Lícia Souza (WE Impact), Fernando Lemos (Microsoft), Marcelo Sato (Astella Investimentos), Flavio Pripas (Redpoint eventures), Robson Del Fiol (Inmetrics), Lilian Natal (Distrito), Thammy Marcato (KPMG), Marienne Coutinho (KPMG), Jubran Coelho (KPMG) e Oliver Cunningham (KPMG).

A Krilltech é uma AgTech brasileira que emergiu de uma parceria com a Universidade de Brasília (UnB) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) focada no desenvolvimento de uma agricultura sustentável e de alta produtividade. Por meio dessa parceria, foram desenvolvidas tecnologias que buscam oferecer soluções disruptivas baseadas em Nanotecnologia Verde, de modo a aumentar a produtividade e a qualidade nutricional de cultivares. Com o uso de tecnologia na agricultura e horticultura, o objetivo da startup é melhorar o rendimento, a eficiência e a lucratividade do produtor.

Comments are closed