São Paulo sediará um dos maiores eventos ESG do mundo

São Paulo sediará um dos maiores eventos ESG do mundo

ESG Land pretende mobilizar a sociedade brasileira sobre práticas sustentáveis, sociais e de governança

São Paulo será palco, em 2022, do primeiro evento presencial sobre ESG do Brasil. A conferência, que tem como missão debater e divulgar as práticas sociais, sustentáveis e de governança no país, reunirá instituições, empresas e os principais especialistas sobre o tema.

Idealizado pelo advogado e especialista nas áreas de projetos e educação Arnaldo Maluf Gesuele, o ESG Land acontecerá entre 5 e 7 de setembro de 2022, no Parque do Ibirapuera.

O objetivo principal é sensibilizar pessoas, empresas, governos e instituições sobre a urgência de adotar práticas que visem não só proteger o meio ambiente, mas reduzir desigualdades sociais e promover a transparência e ética nas corporações. “Cuidar melhor do planeta e das pessoas já ultrapassou os limites do simples discurso. Mais do que incentivar e valorizar as boas ações, estamos falando de business, economia. Ou você surfa na onda desse trio, ou está fora do jogo”, resume Gesuele.

O interesse pelo conceito ESG atingiu o ponto mais alto dos últimos cinco anos em 2020. Levantamento do Google Trends mostrou que globalmente o tema nunca foi tão buscado quanto no ano passado. Não à toa os índices de sustentabilidade tiveram performance melhor que os índices de bolsas que não adotam as práticas ESG.

Negócios


Entre os palestrantes confirmados estão Salim Ismail, diretor executivo e fundador da Singularity University, e o economista e empreendedor Ricardo Amorim. “Além de palestras sobre o tema, o evento promoverá o networking entre empresas que já são ESG e entre aquelas que pretendem adotar as práticas sustentáveis. Será uma oportunidade importante para gestores e profissionais de Recursos Humanos se atualizarem sobre as práticas de equidade e diversidade”, afirma o especialista em RH Alexandre Garrett, um dos organizadores e Embaixador da área Social do evento.

Em ESG Land, que acontecerá em uma área de 15 mil metros, uma aceleradora de startups estará pronta para possibilitar funding de projetos e cocriar negócios com a ajuda de mentores e empreendedores experientes.

O evento contará com educação do mercado, percepções, conhecimento dos temas, experiências, networking e fundos de private e public equity, que estarão de olho nas empresas. “A ideia é trazer fundos internacionais para olharem as empresas brasileiras. O Brasil é uma grande potência, precisamos mostrar ao mundo o que nossas empresas vêm fazendo em prol do ESG”, afirma o idealizador.

Comments are closed