As vendas no varejo brasileiro cresceram 23,1% em julho, de acordo com o Mastercard SpendingPulse

As vendas no varejo brasileiro cresceram 23,1% em julho, de acordo com o Mastercard SpendingPulse

As vendas no varejo brasileiro permaneceram fortes em julho, com crescimento em todos os setores do varejo. De acordo com o Mastercard SpendingPulse™, que mede as vendas nas lojas físicas e no varejo online em todas as formas de pagamento, as vendas no varejo* no Brasil cresceram 23,1% ano a ano.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, restaurantes (+85%), vestuário (+66%), combustíveis (+58%) e artigos pessoais (+51%) foram os setores que tiveram o crescimento mais significativo no período.

Vendas do comércio eletrônico


O cenário único do varejo em 2020 também está sendo considerado na comparação ano-ano das vendas no comércio eletrônico brasileiro. As vendas no comércio eletrônico tiveram um crescimento negativo de -9,6% em julho, quando comparado ao crescimento significativo do ano passado, como resultado da pandemia.


De acordo com Estanislau Bassols, Gerente Geral da Mastercard Brasil, “O comércio físico continua a mostrar sinais de recuperação, já que as vendas no varejo em todos os setores mostram crescimento em uma comparação ano a ano e ano a 2 anos. É possível notar o otimismo do consumidor à medida que avança a vacinação e o varejo tradicional volta à atividade”.

Comparativo ano a 2 anos


Para uma melhor compreensão do que esses números significam para o período na região, a comparação ano a 2 anos revela taxas interessantes para análise: as vendas totais do varejo cresceram +34,2% no comparativo ano a 2 anos e as vendas do comércio eletrônico aumentaram +108,9% quando comparadas com julho de 2019.

*As vendas no comércio eletrônico são vendas de bens e serviços nas quais os compradores fazem um pedido ou o preço e os termos da venda são negociados pela Internet, em um dispositivo móvel (M-commerce), Extranet, rede EDI (Electronic Data Interchange), correio eletrônico ou outro sistema online comparável. O pagamento pode ou não ser feito online.

Comments are closed