Nova aceleradora de startups anuncia primeiros investimentos

Nova aceleradora de startups anuncia primeiros investimentos

Fullness selecionou duas startups que receberão investimentos para desenvolver seus negócios

Pernambuco ganhou mais uma aceleradora de startups. A Fullness lançou edital de seleção de projetos em junho e, agora, anunciou as duas empresas selecionadas para receber investimentos que resultarão no desenvolvimento dos seus negócios. As duas escolhidas foram a gaúcha N1Office e a pernambucana POWER Empreendedorismo Feminino.

O programa de aceleração da Fullness tem o objetivo de atrair startups de alto impacto em diversos setores da economia. Para participar, as startups precisaram ter produtos prontos e com base de clientes. Além do investimento em dinheiro para desenvolver o negócio de forma rápida, os projetos escolhidos receberão mentorias on-line, com foco no desenvolvimento de competências essenciais para o amadurecimento e escalabilidade do negócio, e ainda poderão utilizar o espaço físico do Coworking Fullness, localizado no Recife.

“Nosso objetivo é promover o empreendedorismo por meio de apoio a ideias inovadoras. Com uma combinação de metas, acompanhamento intenso, horas de conhecimento técnico compartilhado, acesso a um escritório aberto e equipado, investimento e conexões facilitadas com o mercado, o programa de aceleração Fullness é uma etapa estratégica na jornada das startups”, destaca o diretor Pitang Agile IT e um dos fundadores da aceleradora, Cláudio Castro.

Todos os projetos que foram classificados para a última fase de seleção foram avaliados por experts em desenvolvimento de negócios e inovação. Entre eles estiveram Milton Burgese, VP LatAM Public Sector Google Cloud; Pierre Lucena, presidente do Porto Digital; Mervyn Lowe, CIO da InovaBra; Tadeu Caravieri, diretor global na Grad Show; Janguiê Diniz, fundador do grupo Ser Educacional e sócio da Bossa Nova Investimentos; Paulo Magnus, Presidente da MV Sistemas; Alexandre da Fonte, sócio-fundador da Fonte Advogados; Roberto Borges, sócio-fundador da Pitang; e Claudio Castro, sócio da Pitang Agile IT e Fundador da Ensinar Tecnologia.

Esta foi a primeira chamada de seleção para aceleração de startups promovida pelo Coworking. Entre as participantes, estiveram empresas de todos os estados do Brasil. Agora, as selecionadas passarão por mentorias com nomes de destaques nas áreas de finanças, contabilidade empresarial, direito empresarial, gestão de talentos, gestão comercial e estratégia de negócios.

As aceleradas:

N1Office – Criada no Rio Grande do Sul, a empresa intermedia a relação de consultórios ociosos com profissionais de saúde buscando um espaço para trabalhar. A proposta da startup é tornar o processo simples, organizado e, principalmente, confiável e seguro, fazendo com que diversas pessoas possam compartilhar consultórios de forma otimizada, facilitando o acesso de clientes em várias cidades do Brasil.

Power Empreendedorismo Feminino – Fundada em Pernambuco, a Power nasceu do sonho de sua fundadora em ajudar a alavancar negócios de outras mulheres. A Escola de Negócios On-line acolhe mulheres que desejam empreender e empreendedoras na ativa que desejam injetar inovações em negócios, seja modelando o seu posicionamento nas mídias, ou estruturando os pilares financeiros, conectada com um time de especialistas de diferentes áreas de negócios.

Comments are closed