HealthTech chilena uMov chega ao mercado brasileiro por meio do Supera Parque

HealthTech chilena uMov chega ao mercado brasileiro por meio do Supera Parque

uMov busca manter e melhorar a mobilidade do corpo por meio de movimentos guiados; empresa procurou “softlanding” do Supera Parque de Ribeirão Preto

A empresa uMov, sediada no Chile, iniciará, em breve, suas operações no mercado brasileiro. A empresa desenvolveu um dispositivo chamado Alba Mov com uma tecnologia que permite manter e melhorar a mobilidade do corpo por meio de movimentos guiados pelo hemicorpo saudável, um sistema tecnológico que permite o controle e monitoramento do paciente na reabilitação em casa.

“Na uMov, como uma startup de tecnologia em saúde, nosso objetivo é oferecer soluções tecnológicas oportunas que ajudem a melhorar a qualidade de vida das pessoas em todo o mundo. Junto com a ALBA, nosso primeiro aparelho, estamos iniciando esse caminho, melhorando a reabilitação cinestésica e cognitiva de pessoas que sofreram um AVC”, destaca Pamela Salazar, sócia e diretora da uMov.

Para Henrique Reis, Consultor do International Office do Supera Parque, a internacionalização e entrada em novos países é fundamental para a consolidação de um negócio em crescimento. “As empresas não precisam ser unicórnios para buscarem a expansão. Ter o apoio certo, poder atender às expectativas das empresas no sentido de fortalecer o desenvolvimento dos negócios, para além da sua cidade de origem”, comenta.

O sistema tecnológico da Alba Mov permite ao especialista obter todo o acompanhamento da reabilitação que o paciente está realizando, e poder avaliar o andamento sessão após sessão. E, graças aos seus sistemas de pega, permite ao usuário realizar sua terapia de forma autônoma, recuperando a simetria do corpo.


Novo mercado

Empresas de todos os portes e segmentos, sejam elas brasileiras ou não, sempre buscaram a ampliação internacional de suas operações. Em 2020, o Brasil voltou a fazer parte da lista dos 25 países mais confiáveis para o Investimento Estrangeiro Direto (IED), com base em um indicador produzido anualmente pela consultoria norte-americana A.T.Kearney.

 “Ter o apoio da Supera para cumprir esse propósito nos deixa muito felizes e animados. Acreditamos que entrar no mercado brasileiro por meio de seu Programa de Softlanding é uma das melhores oportunidades para conhecer como o país atua em todas as áreas, desde a operação dos serviços de saúde à comercialização de dispositivos médicos, bem como para conhecer seus cultura, seu modo de vida e o segredo por trás da magia transmitida por seus habitantes”, finaliza Pamela.

Programas de “softlanding” abrigam e prestam suporte temporário a empresas que querem oportunidades em outros países, como o do Supera Parque, de Ribeirão Preto, contribui para possibilidade de uma empresa estrangeira ter sucesso em outro país. A uMov, por exemplo, terá suporte de seis meses, podendo ser renovado.

“Cada vez mais, as empresas brasileiras descobrem os benefícios da ampliação internacional de suas operações e a relação direta com ganhos de competitividade e aumento de suas receitas advindas do exterior”, enfatiza Henrique.

A uMov já conta com diversos prêmios e reconhecimentos, como o Ideas X del Banco Santander de 2019, foi representante do Chile no Babson Collaborative Student Challenge de 2020, entre outros.

Comments are closed