Para Accenture, Open Banking e Pix impulsionam novas tendências no mercado

Para Accenture, Open Banking e Pix impulsionam novas tendências no mercado

Em meio a proximidade da segunda fase de implementação do Open Banking (13/08), gostaria de compartilhar com você um levantamento da Accenture sobre os impactos do Open Banking e do Pix no mercado brasileiro.

Com o título, Muito além dos bancos, o estudo mostra que mesmo no início da jornada global, Open Banking e Pagamentos Instantâneos estão impulsionando novas tendências no mercado. No Brasil, os impactos do Open Banking são diversos e podem ser em alta ou média escala:

O levantamento aponta que os possíveis casos de uso habilitam oportunidades (e ameaças) para todos os setores, além da indústria financeira tradicional. Em relação aos grandes bancos incumbentes, as oportunidades estão centradas na alavancagem das marcas e bases de cliente e na oferta de novos serviços inovadores por meio de parcerias. Por outro lado, as ameaças são no sentido de perda de relevância para competidores com experiência e solução tecnológica melhores.

Outro ponto que chama atenção é que a maturidade do mundo é diferente em relação a Open Banking e Pagamentos Instantâneos, com destaque para o UK, que é o mais avançado.

De acordo com o levantamento, o Reino Unido foi o grande pioneiro na adoção de soluções de Pagamentos Instantâneos com início em 2008, e Open Banking em 2018. Hoje, o país serve de exemplo e referência para compor o regulamento de outros lugares, inclusive do Brasil. O sucesso se dá, principalmente, pela facilidade de uso, aumento da concorrência, incentivo à inovação dos bancos e elevação do potencial de inclusão financeira da população.

Por aqui devemos ter um dos maiores escopos de Open Banking do mundo após a implantação das 4 fases, previstas para conclusão em 2022, o que coloca o Brasil mais uma vez no topo de inovação e referência global do mercado financeiro.

O Brasil já opera a Fase 1 do Open Banking e nossa volumetria já é maior do que a do Reino Unido quando comparado o mesmo período de implantação o que demonstra que podemos ter um sucesso do modelo a partir da Fase 2 também.

Contudo, segundo a Accenture, importantes questões precisam ser endereçadas para habilitar a jornada de Open Banking e Pagamentos Instantâneos como posicionamento estratégico, plataforma tecnológica, modelo operacional e parcerias estratégicas.

Comments are closed