Brasil registra crescimento de 210% na abertura de novas empresas de tecnologia em 2020, revela DataHub

Brasil registra crescimento de 210% na abertura de novas empresas de tecnologia em 2020, revela DataHub

Mesmo com a crise econômica instalada em consequência da pandemia no Brasil, e talvez impulsionadas pelo aumento na demanda de digitalização de negócios em diversas áreas, em 2020 foram abertas 35.423 startups e empresas de tecnologia no país, número que representa um aumento de 210% em relação a 2011. Na última década, foram registrados 176.482 novos negócios na área. Esses dados fazem parte de um levantamento realizado pela DataHub , plataforma de inteligência de dados multi-mercado, que traçou um cenário do mercado nacional de tecnologia.

De acordo com o estudo, nos últimos dez anos houve um aumento nos investimentos para a criação de novos pólos tecnológicos no Brasil, a fim de ampliar a competitividade da indústria no mercado mundial. Desde janeiro de 2011, a região que mais registrou abertura de empresas e startups nesse setor foi a Sudeste, com 107.499 novas instituições. Na sequência, aparecem o Sul (29.582), o Nordeste (19.626), Centro-Oeste (13.152) e Norte (5.856).

O estado de São Paulo concentrou 75,25% do total de aberturas no período. Só na capital, foram registradas 44.326 novas empresas de tecnologia. Esses números colocam a maior cidade da América Latina como ponto inicial para o crescimento da indústria. Outras cidades que mais tiveram novos negócios no segmento foram Rio de Janeiro (8.783), Curitiba (6.879), Belo Horizonte (5.705) e Brasília (5.464), respectivamente.

A pesquisa também evidencia a geração de emprego promovida pelo setor. Entre janeiro de 2011 e dezembro de 2020, foram criadas mais de 520 mil novas posições com carteira assinada no país, o que demonstra o impacto direto na economia. O Sudeste foi a região que mais registrou novos empregos, com um total de 292.966. Já a região com menos oportunidades no período foi o Norte do país, com 24.661 novas vagas.

“No mundo todo, a indústria da tecnologia cresce a passos largos. Entender como ela vem se desenvolvendo no Brasil nos dá um panorama importante sobre para onde estamos indo. É inegável que a pandemia impactou o setor. Todas as mudanças pelas quais passamos nesse período, pessoas físicas e empresas, intensificou a necessidade de criar soluções para atender às novas demandas do dia a dia. Tivemos uma aceleração na transformação digital e há muito espaço ainda para crescer”, comenta José Renato Raposo, COO da DataHub.

Acompanhando o mercado

Com 17 anos de atuação, a DataHub é uma das 18 empresas criadas pelo Grupo Check, um dos mais destacados empreendimentos de Tecnologia e Inovação em serviços financeiros para o varejo, empresas e bancos, com mais de 25 anos de atuação no Brasil e fundado pelo empreendedor e empresário José Mário Ribeiro.

Inicialmente, a plataforma surgiu como fornecedora de dados offline em projetos de database e marketing digital. Ao longo dos anos, passou pelo setor de fornecimento de conteúdo e enriquecimento de dados. Hoje é atuante no segmento de Big Data e Analytics para ações de marketing, vendas, risco e compliance, sendo uma plataforma de SaaS.

A empresa ocupa uma posição central dentro do ecossistema da nuvini , grupo de empresas de Software as a Service (SaaS) criado pelo empreendedor Pierre Schurmann, gerando dados analíticos para as empresas da holding. Em julho, a DataHub Analytics recebeu o selo Great Place to Work® Brasil, evidenciando não só a qualidade no serviço que entrega, mas também a qualidade no ambiente de trabalho.

Metodologia

Existem 300 fontes de dados públicos, onde são capturados os dados e criam novos indicadores a partir dos já existentes. A Datahub faz uso da tecnologia para gerar inteligência nos negócios de empresas parceiras. Para o levantamento de empresas e startups de tecnologia que abriram no Brasil nos últimos 10 anos, foram consideradas as Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAEs) ativas, e ligadas a tecnologia, como por exemplo: Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda (CNAE 6201500), Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis (CNAE 6202300), Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador não customizáveis (CNAE 6203100), Consultoria em tecnologia da informação (CNAE 6204000) e Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação (CNAE 62091000).

Comments are closed