Mercer cria programa de consultoria para gestão de talentos em startups

Mercer cria programa de consultoria para gestão de talentos em startups

O setor de startups fechou 2020 com investimentos de cerca de R﹩ 20 bilhões, mostrando resiliência em um ano bastante desafiador para a economia em geral, de acordo com dados da empresa de inovação aberta Distrito. Na verdade, a pandemia obrigou muitas empresas a adotarem a digitalização de processos e as startups acabaram tendo papel crucial nessa adaptação. Para ajudar o segmento nessa fase de crescimento acelerado, a Mercer, líder global de consultoria em carreira, saúde, previdência e investimentos, lança uma série de ofertas voltadas exclusivamente para as startups.

Desenvolvidos com metodologia ágil, os serviços incluem o desenho de planos de cargos e salários, estratégias de curto e longo prazo, planos de incentivo para a força de vendas e outras estratégias de premiação que fazem parte do pacote de remuneração dos funcionários de startups. Para Joaquim Patto, diretor da Mercer Brasil, a disputa pelos melhores talentos e o interesse em captar investimentos ou abrir o capital fazem com que as startups procurem a expertise de consultorias como a Mercer para promover a profissionalização da gestão de seus recursos humanos.

“À medida que crescem e ganham maturidade, as startups precisam de suporte para atrair e reter os profissionais mais inovadores e qualificados. Para isso, é necessário que as recompensas – principalmente os incentivos de longo prazo – estimulem a construção de uma parceria entre os profissionais e a startup, visando seu crescimento futuro”, explica o consultor.

Metodologias e valores personalizados

Os serviços ofertados pela Mercer para atender ao mercado de startups foram concebidos levando em conta as particularidades dessas empresas jovens, inovadoras e com modelos de negócios não tradicionais. “Desenvolvemos novas metodologias para esse contexto. Processos que normalmente levariam de três a seis meses em grandes multinacionais agora podem ser realizados em duas semanas”, afirma Patto. “Os custos são adequados à realidade das startups, pois demandam menos horas de trabalho, já que é possível reunir ao redor de uma mesa todos os que têm poder de decisão”.

Uma das primeiras startups a utilizar o novo serviço da Mercer foi a Semantix. Já subiu de patamar e hoje é uma das referências no país em Big Data, Analytics e Inteligência Artificial. “Somos uma empresa de alta tecnologia e nosso principal desafio no início era atrair e manter talentos. Contar com o apoio da Mercer, no desenvolvimento de um projeto que contemplasse a atração, desenvolvimento de pessoas e plano de retenção foi fundamental nessa jornada. Esse suporte tem sido fundamental para o sucesso da empresa. Temos orgulho de ser uma das primeiras companhias do programa”, conta Leonardo Santos, CEO e fundador da empresa.

Segundo Santos, essa jornada na atração e gestão de pessoas é mais simples para empresas conhecidas e tradicionais do mercado, mas acaba não sendo uma realidade para empresas recém-estabelecidas. “Contar com a experiência da Mercer faz diferença para se estabelecer, desenvolver e seguir um bom caminho para companhias que buscam crescer, atrair investidores, abrir capital e, quem sabe, virar unicórnios”, conclui.

Além de implementar novos processos e formatos de trabalho, a Mercer utiliza seu profundo conhecimento sobre as melhores práticas de RH e as estratégias de remuneração em vigor no mercado para recomendar aquelas que fazem mais sentido para a realidade do negócio de cada startup.

“A profissionalização da gestão de pessoas e o desenvolvimento de uma estrutura de governança sólida é fundamental para essas jovens e promissoras empresas que desejam receber aportes e ganhar projeção internacional”, finaliza Patto.

Comments are closed