Crescendo Juntas nas Américas entra na reta final de inscrições

Crescendo Juntas nas Américas entra na reta final de inscrições

A iniciativa do Banco Interamericano de Desenvolvimento, que conta com o apoio da NEC, visa a integração de mulheres empresárias da América Latina e do Caribe.

As mulheres que se dedicam a fundar suas próprias empresas já somam mais de 30 milhões no Brasil, representando 48,7% do mercado empreendedor, segundo levantamento do Monitor Global de Empreendedorismo. Por isso, o Banco Interamericano de Desenvolvimento criou, com foco na integração de mulheres empresárias da América Latina e do Caribe, o Programa Crescendo Juntas nas Américas, com apoio de empresas, como a NEC.

O objetivo da iniciativa é funcionar como uma ferramenta de incentivo às mulheres empresárias da América Latina e do Caribe, a fim de que possam integrar suas empresas ao comércio exterior e às cadeias regionais de valor. O programa, que foi anunciado no mês de março deste ano, chega à fase final de inscrição das participantes, que vai até o dia 13 de agosto, por meio do link https://connectamericas.com/pt/mulheres. As vencedoras receberão suporte e auxílio na jornada de digitalização.

O programa nasceu justamente em tempos de pandemia de Covid-19 e, nesse contexto, visa promover a reativação econômica inclusiva e reduzir lacunas de gênero no mercado. Entre as ações, está a oferta de tecnologias da informação e comunicação para a transformação e otimização dos processos empresariais dos negócios que serão beneficiados.

Comments are closed