ACI Worldwide fortalece aliança estratégica com a Microsoft para entregar plataforma de pagamentos na nuvem

ACI Worldwide fortalece aliança estratégica com a Microsoft para entregar plataforma de pagamentos na nuvem

A ACI Worldwide , fornecedora mundial líder em soluções de software de pagamento em tempo real e pagamento digital , anunciou hoje uma aliança estratégica com a Microsoft para fornecer soluções de pagamento na nuvem. A aliança irá acelerar e expandir as ofertas de pagamentos na nuvem da ACI no Microsoft Azure à medida que mais instituições financeiras (IFs) abracem a transformação digital.

Com a crescente demanda global por ofertas de pagamento baseadas em SaaS, a ACI e a Microsoft colaborarão estreitamente em inovações que capacitem as instituições financeiras a lançar novas soluções, adicionar novos serviços a suas plataformas e entregar essas novas capacidades mais rapidamente e com maior agilidade. Elas também fornecerão às IFs maior eficiência nas operações, escalabilidade, proteção e soberania de dados e uma melhor experiência de usuário – criando assim novos fluxos de receita.

A ACI e a Microsoft têm uma trajetória de sucesso em ajudar de forma conjunta clientes que crescem rapidamente e se expandem para novos mercados, incluindo um dos top 20 bancos globais, um banco digital líder nos EUA com mais de 30 milhões de clientes e a principal plataforma de software de emissão de cartões e de “banco como serviço” na América Latina. Estas organizações exigiam soluções habilitadas para a nuvem capazes de cumprir as metas de tempo de comercialização do mercado e de crescimento e escolheram as ofertas de pagamentos em nuvem da ACI implantadas no Azure. Isso permitiu-lhes oferecer serviços de pagamento inovadores, líderes de mercado e prontos para o amanhã, a seus clientes atuais e futuros.

“Esta aliança entre a ACI e a Microsoft pode fornecer apoio a bancos em sua busca de modernização dos sistemas de pagamentos. Pesquisas recentes do Aite Group entre 21 dos 100 maiores bancos de varejo indicaram que a modernização dos pagamentos está no topo da agenda estratégica de investimentos, a fim de atender à crescente concorrência na cadeia de valor dos pagamentos. Com base na pesquisa, o Aite Group estima a receita em risco para os bancos de varejo de 10% a 15% da receita de pagamentos dos mesmos”, disse Ron van Wezel, analista sênior do Aite Group. “Os bancos veem a tecnologia em nuvem como um elemento importante das iniciativas de modernização dos pagamentos. A tecnologia em nuvem permite que os bancos executem um modelo operacional mais eficiente em termos de custo e, simultaneamente, proporciona a agilidade e a modernidade que os modelos on-premise carecem. A velocidade para o mercado e a economia nos custos são mencionadas com mais frequência como vantagens que os bancos em nuvem podem trazer para uma organização”.

“Cada vez mais de nossos clientes estão se voltando para a nuvem para modernizar seus sistemas críticos de pagamento, movidos pela necessidade de operar com mais eficiência, bem como por uma necessidade crescente de rapidez, agilidade e inovação em trazer novas ofertas de pagamento ao mercado”, disse Jeremy Wilmot, diretor de produtos da ACI Worldwide. “A modernização em nuvem é uma prioridade estratégica máxima na ACI e estamos entusiasmados com esta aliança ampliada com a Microsoft – fornecendo e operando uma plataforma de pagamentos inigualável e, por fim, ajudando nossos clientes a expandir seus negócios, focando na diferenciação”.

“Durante toda a pandemia, a ACI Worldwide tem sido líder em manter o bom desempenho do setor bancário mundial e acelerar a curva de crescimento de transição para a nuvem para impulsionar inovação, economia de custos, resiliência e novas experiências para os clientes”, disse Bill Borden, vice-presidente corporativo de Serviços Financeiros Mundiais da Microsoft. “A poderosa combinação das ofertas de pagamentos baseados em SaaS da ACI e do Microsoft Azure permite que as instituições financeiras sirvam seus clientes de forma mais eficaz, e esperamos expandir nossos esforços conjuntos nos próximos meses”.

Comments are closed