BMW Group lança "Desafio da Computação Quântica" em colaboração com AWS

BMW Group lança “Desafio da Computação Quântica” em colaboração com AWS

Pesquisadores, startups e empresas pioneiras da comunidade global de computação quântica poderão, a partir de agora, propor soluções para desafios industriais específicos no Desafio de Computação Quântica do BMW Group. Realizado em colaboração com a Amazon Web Services, Inc. (AWS), o desafio incentiva os participantes a criar algoritmos quânticos e testar soluções em tecnologias reais de computação quântica. Essas inovações têm potencial para resolver problemas desafiadores do setor automotivo com otimizações complexas, pesquisas de materiais e – na forma de aprendizado de máquina quântica – condução automatizada no mundo de amanhã.

“O panorama tecnológico no campo da computação quântica está apenas começando a tomar forma. Diferentes empresas e institutos de pesquisa estão adotando uma variedade de abordagens. Ao lançarmos nossa iniciativa de inovação coletiva, esperamos explorar um poder inovador adicional que estaria além do alcance de uma concorrência padrão”, disse Peter Lehnert, Vice-Presidente do BMW Group Research, New Technologies

Desafios específicos para a computação quântica
Os especialistas do BMW Group identificaram mais de 50 desafios em vários estágios da cadeia de valor, para a qual a computação quântica poderá fornecer um benefício potencial no futuro. Isso requer algoritmos inovadores e uma melhoria significativa do hardware. O BMW Group decidiu envolver a comunidade global de computação quântica para ajudar a encontrar as melhores soluções para o futuro imediato. O Desafio de Computação Quântica focará em quatro desafios específicos onde a computação quântica poderá oferecer uma vantagem em comparação com os métodos de computação clássicos:

1. Otimização das posições dos sensores para funções de condução automatizada;
2. Simulação de deformação do material no processo de produção;
3. Otimização da configuração do veículo de pré-produção;
4. Aprendizado de máquina para avaliação automatizada de qualidade.

As inscrições já começaram, e o prazo para a apresentação das soluções é 24 de setembro de 2021, após o qual serão examinadas e julgadas por um painel de especialistas. Um evento final acontecerá em dezembro de 2021, no qual os melhores participantes terão a oportunidade de apresentar suas soluções para o painel de jurados especialistas. Os vencedores ganharão o BMW Group como cliente e estarão envolvidos na implementação dos respectivos projetos-piloto.

A AWS está apoiando o BMW Group por meio do Amazon Quantum Solutions Lab, um grupo de profissionais especializados que ajudou a delinear os casos de uso do desafio e que estarão no painel que selecionará os vencedores. A AWS fornecerá créditos para que os participantes usem o Amazon Braket para incentivar o desenvolvimento e o teste dos algoritmos quânticos enviados. Além disso, o Amazon Braket oferece um ambiente de desenvolvimento para os usuários explorarem e construírem algoritmos quânticos, testando-os em simuladores de circuitos quânticos e executando-os em uma variedade de tecnologias de hardware quântico.

“A computação quântica está em seus estágios iniciais, mas seu impacto no longo prazo promete ser transformador para muitos setores”, disse Bill Vass, Vice-Presidente de Engenharia da AWS. “De fato, possibilitar pesquisas de ponta em computação quântica e ajudar as empresas a se preparar para o futuro quântico é o motivo pelo qual lançamos o Amazon Braket e construímos nossa equipe de especialistas no Amazon Quantum Solutions Lab. Estamos entusiasmados em apoiar a BMW e a comunidade quântica neste desafio de inovação. Aplaudimos a liderança da BMW em enfrentar desafios industriais reais, onde os computadores quânticos podem um dia oferecer uma vantagem”.

O BMW Group está impulsionando a criação de um ecossistema quântico
O Desafio de Computação Quântica mais uma vez destaca como o BMW Group está desempenhando um papel de liderança nos esforços para estabelecer um ecossistema quântico. Recentemente, em junho, a empresa se juntou com outras nove grandes corporações para fundar o Quantum Technology and Application Consortium (QUTAC), cujo objetivo é produzir uma grande quantidade de casos de uso para a indústria e, com isso, criar demanda para a computação quântica. O QUTAC acelerará o desenvolvimento da tecnologia na Alemanha e na Europa.

Em 16 de junho, o BMW Group, juntamente com a Universidade Técnica de Munique (TUM), também anunciou a criação de uma cadeira aprovisionada de “Algoritmos e aplicações quânticas”. Durante um período de seis anos, o BMW Group disponibilizará um fundo de € 5,1 milhões para a TUM para professores, equipamentos e pessoal. Ao dar esse passo, o BMW Group e a TUM buscam preencher a lacuna entre a excelente pesquisa básica realizada na Alemanha e sua aplicação específica na indústria.

Comments are closed