Shopping Eldorado leva lojas do empreendimento para a Amazon.com.br

Shopping Eldorado leva lojas do empreendimento para a Amazon.com.br

Centro comercial paulista terá página exclusiva em Amazon.com.br em que dezenas de lojistas disponibilizarão milhares de produtos

Combinar os mundos online e offline não é mais considerado uma tendência para o varejo, mas uma realidade consolidada. Como estratégia de marketing e vislumbrando novas oportunidades em meio ao distanciamento social, o Shopping Eldorado, na Zona Sul de São Paulo, levará agora as suas lojas para a Amazon.com.br.

Com a iniciativa, o empreendimento ganha uma página exclusiva na Amazon e permite aos lojistas digitalizar estoques e vender milhares de produtos para consumidores de todo Brasil. Em https://www.amazon.com.br/shoppingeldorado , o cliente encontra os produtos da sua loja favorita. Ele efetua suas compras no conforto da sua casa e recebe seus produtos em qualquer lugar do país.

Para facilitar a inserção do mundo online dos lojistas do Eldorado, a Amazon.com.br está implementando dentro do shopping o FBA Onsite – Logística da Amazon, solução que permite aos vendedores parceiros vender seus produtos em Amazon.com.br, sendo que a coleta e o envio são feitos pela Amazon. “O FBA Onsite – Logística da Amazon, é uma solução que os vendedores parceiros adoram pois traz mais eficiência logística e dá oportunidade de terem produtos elegíveis ao selo Prime, que oferece frete rápido e gratuito para membros Prime. Sob o ponto de vista prático, eles podem manter os produtos em seus estoques, controlar o inventário dedicado à Amazon por meio de um sistema operacional e, após o processamento do pedido, nós coletamos no Shopping Eldorado e entregamos para todo o Brasil”, afirma Ricardo Garrido, Diretor de Vendedores Parceiros da Amazon no Brasil.

Para Sergio Nagai, Superintendente do Eldorado, a estratégia busca acelerar o processo de digitalização do shopping center e contribuir com as vendas dos lojistas em um momento atípico. “Cabe a nós oferecer uma rede de apoio aos nossos operadores neste processo. Em pesquisa do Ibope, identificamos que 46% da população tem aumentado a participação do consumo online com maior recorrência do distanciamento social. Os shoppings e o varejo como um todo precisaram acelerar o processo de digitalização e diversificação de canais para atender a um modelo de negócio que se consolida ainda mais”, explica.

Comments are closed