Oracle aumenta recursos para startups no Brasil e em toda a América Latina

Oracle aumenta recursos para startups no Brasil e em toda a América Latina

A Oracle anunciou que está aumentando seus recursos e dobrando as parcerias estratégicas para melhor apoiar as startups no Brasil e na América Latina por meio de seu programa Oracle for Startups. Oracle for Startups, o programa da Oracle para apoiar o empreendedorismo e a inovação, está criando uma nova posição para gerenciar a América Latina, adicionando equipe técnica e acelerando parcerias para ajudar mais startups.

Oracle for Startups tem trabalhado com startups em toda a América Latina desde 2017, primeiro como uma aceleradora com espaços de coworking em São Paulo (Brasil), e depois expandiu-se para um programa virtual, em 2019. Com o crescimento expressivo do programa no Brasil, junto com o lançamento do terceiro data center da Oracle na região, o líder global do programa sentiu que era o momento certo para impulsioná-lo na América Latina.

“O Brasil sempre foi importante na nossa estratégia e agora queremos dobrar e acelerar nossos recursos para todo o país e em toda a América Latina, tornando a região ainda mais forte”, disse Jason Williamson, vice-presidente de Oracle for Startups e Oracle for Research. “Teremos uma presença mais forte por meio do aumento de recursos humanos, suporte go-to-market, ativação de eventos locais e suporte técnico para startups na região”, completa.

Arthur Rabelo, ex-líder de desenvolvimento de negócios para a região, foi promovido ao novo cargo de gerente regional para América Latina da Oracle for Startups. Sob a orientação de Rabelo, o programa irá adicionar suporte técnico, marketing e acelerar suas parcerias internas e externas. O programa atualmente trabalha com parceiros como Endeavor, NVIDIA e Start-Up Chile, e tem forte alinhamento com as equipes de vendas e produtos da Oracle. Um melhor alinhamento com a equipe de Customer Innovation da região, que opera laboratórios de inovação em São Paulo e outras localidades, também faz parte da estratégia. Rabelo também planeja utilizar melhor a rede em expansão de embaixadores e mentores.

“Temos muitos recursos e oportunidades para ir ainda mais fundo e aumentar o suporte que podemos prover para as startups”, disse Rabelo. “Nosso plano é implementar cadência em atividades de conexão com clientes e times de venda e produto, para que as Startups tenham mais clareza de qual caminho irão perseguir dentro do programa”. O Brasil segue sendo prioridade e vamos expandir nosso alcance para Argentina, Chile e México lugares onde há um volume maior de startups em estágios mais avançados.

O Oracle for Startups, que é aberto e gratuito para quem for dos segmentos de B2B e B2C, oferece créditos na nuvem, 70% de desconto em IaaS e PaaS por dois anos, mentoria, assistência à migração e suporte técnico de maneira prática. E para empresas qualificadas que desejam obter os recursos completos , o programa oferece funções como apresentações ao cliente, engajamento de mídia/analista e uma lista de oportunidades de entrada no mercado.

Oracle for Startups: estatísticas do programa no Brasil e na América Latina

• Brasil é o país com mais startups no programa globalmente, atrás dos Estados Unidos

• São Paulo é a segunda cidade em número de startups no programa (Bangalore é a primeira)

• A adesão de startups do Brasil cresceu 60% nos últimos 12 meses

• O número de inscrições cresceu 105% em toda a América Latina nos últimos 12 meses

• Os quatro primeiros (depois do Brasil) para crescimento de inscrições nos últimos 12 meses foram: Argentina (600%); México (300%); Colombia (260%); e Chile (123%)

• Os três principais setores do Brasil são: High Technology, Varejo e Serviços Profissionais; as três principais tecnologias no Brasil são Big Data, Nuvem e IA

• Os três principais setores da América Latina são serviços profissionais, varejo e bens de consumo; as três principais tecnologias na América Latina são nuvem, Big Data e IA

Exemplos de startups que fazem parte do Oracle for Startups

A startup brasileira SmartHint é um sistema inteligente de busca e recomendação que melhora a experiência do cliente ao fazer compras de forma online e têm como alguns dos clientes a New Balance, Lego e Samsonite. “Este tipo de serviço e parceria é incrivelmente valioso para qualquer startup em crescimento”, disse Rodrigo Schianvini, CEO e fundador da SmartHint. “Isso nos dá a confiança e a garantia de que estamos operando de maneira otimizada e com alto desempenho para que possamos concentrar nossa atenção no negócio”.

A startup argentina, Covrel, usa realidade virtual, realidade aumentada e análise de dados para ajudar as empresas a treinar melhor os funcionários e reter o aprendizado. Eles trabalham com quatro das maiores empresas da Argentina nos setores de petróleo e gás, consumo de massa, bebidas e automotivo. A startup também está construindo uma simulação de um local de trabalho de fast food para reduzir o tempo necessário para o treinamento dos funcionários.

Dootax é uma startup brasileira de rápido crescimento que simplifica o processo de tributação de uma forma simples e está pronta para conformidade às empresas por meio da tecnologia de automação de processos utilizando a robótica. O cofundador, Luis Pessoto, afirma: “Não recebemos esse nível de suporte e atenção da AWS. Não temos essas conversas que nos ajudam a encontrar as melhores e mais econômicas soluções para o nosso negócio. É outro motivo pelo qual todos devem considerar OCI e Oracle for Startups”.

A startup TutenLabs oferece uma solução que cobre todos os estados da experiência do cliente, desde a solicitação de serviços e agendamento, até o controle, relatórios e pagamentos. Com vários módulos que se comunicam entre si, a Tutenlabs permite total flexibilidade para se adaptar às necessidades de cada empresa, configurando uma plataforma com funcionalidades e fluxos personalizados para os processos internos.

A startup Airfluencers, com sede em São Paulo, simplifica como as marcas podem aproveitar e escalar o marketing de influenciadores, usando IA para analisar milhões de perfis sociais todos os dias para os seus projetos. Airfluencers economizou mais de 70% em comparação com o Google Cloud, enquanto experimentava melhor desempenho e fechou um acordo com a HOPE Lingerie, um cliente do Oracle Commerce Cloud. “O nível de atenção e suporte é fora do comum, mais a tecnologia que a Oracle oferece está em linha com o que há de melhor no mercado. Os benefícios estão em infraestrutura em nuvem, escalabilidade, acesso à tecnologia e rede”, disse Rodrigo Soriano, CEO da Airfluencers.

A VRGlass cria software e conteúdo para empresas e já entregou mais de 200 projetos para marcas globais como Coca-Cola, Adidas, Universal Music, Visa, Hershey’s, Heineken e Samsung. Seu trabalho inclui lojas digitais e experiências que usam avatares para ajudar os clientes a se sentirem como se estivessem lá. “Nossos clientes não querem hospedar as experiências que construímos no local, então trabalhar com o Oracle Cloud é perfeito para nós”, diz Ohmar Tacla, cofundador. “Recebemos ajuda e conselhos excelentes”, completa.

O anúncio está alinhado com o lançamento da segunda região de nuvem da Oracle no Brasil, sua 30ª região de nuvem em todo o mundo. O novo data center em Vinhedo se junta a São Paulo, Santiago e Chile, para oferecer à todas startups da América Latina latência ultrabaixa, recuperação de desastres no país para manter a soberania dos dados e mais recursos que tornam mais fácil combinar e combinar cargas de trabalho entre diferentes nuvens provedores. “Ainda temos um vasto caminho a percorrer, porém, vemos que nossos esforços até o momento já geram resultados de grande valia, como ver empresas do nosso programa como a Dootax, EpHealth, Rocketmat e Verifact figurarem na lista das 100 Startups to Watch, levantamento feito recentemente pela Época Negócios, que considerou as startups mais inovadoras do Brasil em diversos segmentos”, conclui Rabelo

Em setembro, o Oracle for Startups sediará a primeira edição na América Latina do Oracle Startup Idol, um programa global de competição que seleciona e premia as startups mais criativas e inovadoras A iniciativa começou em 2020 e já teve quatro edições a nível global, incluindo na Europa e Ásia. As informações sobre a edição da América Latina serão divulgadas nos próximos meses.

As startups podem se inscrever no programa através do site do programa de inicialização ou se conectar com Arthur Rabelo via LinkedIn ou arthur.rabelo@oracle.com .

Comments are closed