CNI e Federações oferecem assessoria gratuita para facilitar exportações

CNI e Federações oferecem assessoria gratuita para facilitar exportações

O processo de exportação exige preparação, envolve diversos atores, sistemas e procedimentos. Segundo o Ministério da Economia, das 19 milhões de empresas ativas em 2020, somente 28.746 exportaram. Uma das razões para isso é porque os empresários têm dúvidas ao preparar sua empresa para o mercado internacional e as respostas demoram, são complexas ou até incompletas.

Para ajudar as micros, pequenas e médias empresas (MPMEs) a exportarem com mais facilidade, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), as Federações de Indústria nos estados e o Sebrae criaram o Ajude Aqui: uma consultoria virtual gratuita sobre comércio exterior. 

A partir de hoje, especialistas em comércio exterior estarão disponíveis para atender dúvidas sobre tributação internacional, sistemas aduaneiros, logística, formas de pagamento, entre outros assuntos sobre exportação e importação. 

Os atendimentos serão realizados por e-mail, telefone, WhatsApp e formulário on-line disponível no site do Indústria Global – programa realizado em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para oferecer serviços de internacionalização.

“A CNI lançou mais um serviço para desenvolver a maturidade das pequenas empresas no processo de internacionalização. O objetivo é criar um canal de suporte às empresas e, a partir das dúvidas mais frequentes, promover melhorias no ambiente de negócios. O Ajude Aqui veio para impulsionar o crescimento de MPEs brasileiras fora do Brasil e, consequentemente, aumentar a competitividade das empresas no mercado interno, seja nos produtos, serviços e embalagens ou na própria gestão da marca”, destaca o coordenador de Serviços de Internacionalização da CNI, Felipe Spaniol.

Em conjunto com a assessoria virtual, as empresas atendidas podem buscar apoio no Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação de Indústrias do seu estado ou no Sebrae local.

Comments are closed