R3 discute CDBCs no CIAB 2021

R3 discute CDBCs no CIAB 2021

A R3, empresa de software corporativo, é patrocinadora silver do CIAB FEBRABAN 2021. O maior evento de tecnologia e inovação do setor financeiro brasileiro será realizado entre os dias 22 e 25 de junho, das 9h às 18h, em formato digital e gratuito.

Em sua 31ª edição, o evento reúne referências do mercado, CEOs dos maiores bancos do país e keynote speakers internacionais, que participarão dos cerca de 30 painéis, divididos em 8 trilhas, debatendo as perspectivas de uma retomada pós-pandemia muito mais conectada, sustentável e resiliente.

Assim como na última edição, em razão das medidas restritivas para combate à Covid-19, o evento será online e gratuito, com transmissão ao vivo pela plataforma noomis.

Com tema principal “Uma retomada conectada, sustentável e resiliente”, a programação, dividida em 8 trilhas temáticas, aborda a experiência do cliente; inteligência artificial; ESG e finanças sustentáveis; open banking; Pix e o futuro dos meios de pagamento; blockchain; inovação aberta; internet das coisas, negócios inteligentes e a chegada do 5G; LGPD, cibersegurança e privacidade dos dados; bem como as projeções de retomada pós-crise.

CDBCs

Alguns países, como China, Índia e EUA, estão discutindo a criação da chamada CBDC, as moedas digitais emitidas pelos bancos centrais. No Brasil, o Banco Central (BC) criou um grupo de trabalho para discutir o tema. Enquanto isso, o NFT (non fungible token, token não fungível) ganha espaço como ativo digital.

Mais do que siglas, esses termos representam novas formas de negócios digitais. Mas qual é o estágio dessas discussões no Brasil e no mundo? Quais as diferenças das CBDCs e stablecoins para as criptomoedas? Quais são seguras e confiáveis? Quais apresentam maior risco?

O CIAB FEBRABAN 2021 vai responder a essas perguntas no painel “CBDCs, NFTs e stablecoins: qual o impacto dos ativos digitais no mercado”, a ser realizado no dia 24 de junho, das 16h às 17h. O painel terá a participação de Keiji Sakai, country head da R3 no Brasil; Aristides Cavalcante, chefe-adjunto do Departamento de Tecnologia da Informação do Banco Central do Brasil; André Portilho, sócio do BTG Pactual; e Luis Kondic, diretor de Produtos Listados e Dados da B3. A moderação será de Leandro Vilain, diretor-executivo de Inovação, Produtos e Serviços Bancários da Febraban.

O painel sobre os ativos digitais é parte da trilha 4 do evento, que vai abordar o Pix e os avanços das transações digitais. As outras discussões envolvem os avanços do Pix e a chegada ao varejo e e-commerce, bem como os novos meios de pagamento e a bancarização.

Comments are closed