HR ONE: Evento da Catho debateu o futuro do RH e o papel desses profissionais como gestores da mudança no mundo corporativo pós-pandemia

HR ONE: Evento da Catho debateu o futuro do RH e o papel desses profissionais como gestores da mudança no mundo corporativo pós-pandemia

Iniciativa celebrou o mês do profissional de RH e contou com a presença de Marcos Piangers, Juliana Bley, Gustavo Vitti e Érika Hamada, além de trazer uma palestra motivacional com a atriz Denise Fraga

Cada vez mais, as equipes de RH têm assumido um papel estratégico nas empresas, apoiando a alta gestão nas tomadas de decisões e sendo essenciais não só na contratação de colaboradores, mas também no enfrentamento dos múltiplos desafios que o mercado de trabalho tem passado nos últimos meses. Por isso, a fim de celebrar o mês do profissional de RH e promover uma transformação em conjunto, unindo tecnologia à profissionais, a Catho realizou, na última semana, o HR One.

O evento contou com uma série de debates que abordaram temas ligados ao futuro do RH, promovendo reflexões e provocando novas perspectivas. Marcos Piangers – Especialista em Inovação e Criatividade & Autor Best-seller – abriu o evento com uma discussão sobre o futuro pós-pandemia e qual a importância do profissional de RH nesse momento que equipes estão retornando tão fragilizadas e necessitando de muito mais que apenas um bom salário, mas de um ambiente que seja empático, acolhedor, diverso e que os ajude a curar esses traumas trazidos pelos grandes desafios da pandemia.

Piangers ainda falou sobre a evolução da tecnologia e como a adoção de soluções digitais aliado a mudança do comportamento humano está moldando o futuro. “A tecnologia já nos permitia trabalhar ou estudar de casa, sem a menor necessidade de irmos até a empresa ou universidade, mas foi a mudança de comportamento, impulsionada pela pandemia, que nos trouxe esse novo cenário. Assim, acredito que o futuro será cada vez mais integrado entre inovação e a capacidade humana. A tecnologia não deve ser vista como uma inimiga que irá tomar o seu posto de trabalho, mas como uma aliada que irá tornar sua rotina mais produtiva e eficiente”, explica Marcos.

Para Juliana Bley – Especialista em Andragogia & Referência em Fatores Humanos e segunda convidada do HR One, o profissional de RH é o responsável por apoiar essas transições pessoais, sociais e corporativas. “Nós precisamos auxiliar nos processos de mudanças sempre olhando para o “como”. Não basta apoiarmos uma pessoa em transição de carreira, mas como ela irá fazer isso, com quais cuidados ela irá fazer isso. Gestão é conectar diferentes recursos como tempo, dinheiro, métodos, matéria-prima e os talentos das pessoas para atender às necessidades pessoais e coletivas gerando abundância e evolução. Olhar mais para a pessoa física e menos para a pessoa jurídica. A tecnologia pode nos apoiar nesse processo, mas é o nosso olhar humano que fará a diferença”, conta Juliana.

Essa visão também foi discutida durante bate-papo com Patrícia Suzuki, Diretora de Gente e Gestão da Catho, Gustavo Vitti, VP de Pessoas e Sustentabilidade no Ifood e Érika Hamada, Diretora de Recursos Humanos na Starbucks. Os executivos refletiram sobre como remodelar o trabalho do RH, utilizando as novas tecnologias para enfrentar esse momento de grande desafio, dando o apoio necessário ao colaborador levando em consideração as relações humanas diante do novo cenário. “É preciso estar aberto ao novo, entender que um funcionário pode render da mesma forma ou até mais trabalhando em casa, conhecer novas ferramentas e enxergar aquilo como um apoio nessa nova jornada, e o principal, ser próximo da equipe e fazer uma gestão humana, de colaborador para colaborador”, diz Gustavo.

A última palestra do evento foi com a atriz Denise Fraga, que trouxe para o bate-papo a discussão de como a pandemia impactou profundamente o comportamento humano e junto com a tecnologia está reformulando as pessoas e como. “Nós vivemos em sociedade e a falta do contato físico deixa um buraco. Assim, quando tiver uma reunião por vídeo, ligue a câmera, dedique-se à pessoa que está ali. Nossa atenção está sendo estilhaçada pela inovação, precisamos humanizar nossa relação com a tecnologia”, explica Denise.

Para finalizar o dia, a Catho preparou um vídeo divertido, mostrando as situações que o RH precisa enfrentar na sua rotina diária. “As pessoas são o motor que move uma organização, sendo responsáveis pelo sucesso de qualquer negócio e o RH é parte fundamental dessa equação, afinal, é ele quem faz a gestão de pessoas nas empresas, indo muito além de apenas entrevistar, selecionar, contratar e demitir pessoas. Por isso, queríamos prestar essa homenagem de uma forma leve, bem-humorada e que demonstrasse o nosso reconhecimento aos profissionais” finaliza Patricia Suzuki, diretora de RH da Catho.

Comments are closed