ShiftT, aceleradora de startups da Tupy, recebe mais de 100 inscrições de todo o Brasil

ShiftT, aceleradora de startups da Tupy, recebe mais de 100 inscrições de todo o Brasil

A ShiftT, aceleradora de startups que une estrutura e expertise da Tupy com o talento dos empreendedores brasileiros, acaba de fechar as inscrições para sua primeira edição, com um total de 108 inscritos.

Os selecionados serão anunciados até o fim do mês para dar início ao programa, que além da conexão com toda a estrutura da Empresa, contará com mentorias exclusivas, aplicadas por mais de 30 profissionais da Tupy, com experiência nas mais diferentes áreas de conhecimento.

Startups de todas as regiões do Brasil inscreveram-se para participar, contemplando todas as áreas de interesse da Companhia:  

  • Sinergia com o Negócio: soluções que proponham inovação significativa e que possam ser escaladas rapidamente com o apoio da Tupy;
  • Desenvolvimento Sustentável: negócios economicamente viáveis, que promovam impacto socioambiental positivo;
  • Digital e Indústria 4.0: geração de valor a partir da aplicação de tecnologias emergentes e que possam impulsionar a jornada de transformação digital da Tupy;
  • Modelos de Negócios Inovadores: iniciativas que proponham novas formas de abordar os desafios encontrados nas cadeias de valor de atuação da Tupy.

O programa se destaca pelo conceito equity free, ou seja, o empreendedor não precisa abrir mão de parte da sua empresa para poder participar do processo de aceleração. Além disso, também são premissas da ShiftT o respeito total à propriedade intelectual das startups e aos seus talentos. Outro diferencial é que as provas de conceito serão remuneradas.

Abrangência nacional

Com inscrições de startups de todo o País, a ShiftT conectou ecossistemas de inovação de todas as regiões com 54% de participantes do Sul do Brasil, 33%  do Sudeste, seguidos pelo Norte, Nordeste e Centro Oeste, que tiveram participação de 9, 3 e 1%, respectivamente.

“É um orgulho o volume e a diversidade das startups inscritas para a seleção do primeiro ciclo de aceleração da Shift T, temos diversidade cultural, regional e nas áreas de conhecimento, todos quatro perfis demandados possuem bons candidatos” comenta Daniel Moraes, Gerente de Inovação e Transformação Digital. “Acredito que o interesse dos empreendedores  apenas reforça a liderança da Tupy em inovação e sua reputação de excelência, construída ao longo dos seus 83 anos de história”, finaliza.

 Por que ShiftT?

O nome da aceleradora é composto pelo verbo “shift”, que expressa o conceito de mudança, movimento, típico da energia criativa presente nas startups. E o T maiúsculo faz conexão com o nome da Empresa. A marca tem as letras S e T em suas extremidades, demonstrando que a expansão ocorre de forma dupla, a Startup sendo expandida pela Tupy e o contrário também é válido, quando a Tupy é expandida pela Startup, ou seja, a ideia é ampliar, escalar o negócio de quem participar do Programa de Aceleração ao mesmo tempo que a Tupy também acelera seu ciclo de inovação.  Essa é uma das iniciativas da Tupy UP, área recém-criada pela Tupy.

O que é Tupy UP?

Recentemente, a Companhia anunciou a criação de duas novas áreas. A Tupy UP, que visa converter, acelerar e escalar oportunidades em novos negócios e promover melhorias nos existentes, por meio da inovação e da transformação digital; e a Tupy Tech, concentrada em projetos de P&D disruptivo para as oportunidades que possam ganhar ênfase mercadológica e serem escaláveis.

Comments are closed