Effecti, do Grupo nuvini, abre escritório de Enterprise no inovabra habitat

Effecti, do Grupo nuvini, abre escritório de Enterprise no inovabra habitat

A startup Effecti , especializada em tecnologia para licitantes e uma das primeiras aquisições do Grupo nuvini, anunciou a reabertura de seu escritório na cidade de São Paulo. Agora, o setor de Enterprise da empresa integra o ecossistema do i novabra habitat , ambiente de coinovação do Bradesco, em São Paulo.

Fernando Salla , CEO da Effecti, conta que o objetivo da abertura do escritório na cidade de São Paulo visa apoiar a estratégia de oferta da solução da Effecti para grandes empresas, área denominada Enterprise. No ambiente de coinovação, está o time Business Unit da startup, que conta com profissionais especializados – como Analistas, Sales Development Representative e Closer de vendas- para oferecer aos clientes um processo mais consultivo e voltado para criação de valor junto à área de vendas para o Governo.

Leandro Demarchi , que foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento da unidade de vendas do Setor Público da TOTVS, foi contratado pela Effecti para ser o representante da estratégia Enterprise. “Temos um produto incrível nas mãos que certamente ajudará as grandes empresas a melhorarem seu desempenho nas licitações.” O executivo ainda explica que a escolha pelo inovabra habitat para sediar o escritório está em total sinergia com a perspectiva de crescimento e inovação da startup.

A geração de demanda é um ponto crucial para levarmos o valor da nossa solução para grandes contas, e fica mais fácil atuar em um ambiente colaborativo como aqui no inovabra habitat, contando com a participação efetiva de grandes empresas que apoiam as startups presentes. O contrato entre Effecti e uma grande empresa de telecom, por exemplo, é um case de sucesso que surgiu aqui no ambiente.

Fundado em 2018, o inovabra habitat é um ambiente de coinovação com atuação física e digital, onde grandes empresas, startups, investidores, tech partners, consultores e mentores trabalham de forma colaborativa para inovar nos negócios. O espaço conta, atualmente, com 194 startups e 74 grandes empresas residentes, além de aceleradoras, investidores e parceiros tecnológicos.

Toda a gestão do espaço físico do local é realizada pela WeWork, rede global de coworking presente em mais de 20 países. Nos últimos anos, o modelo de escritórios compartilhados se tornou bastante popular no cenário empreendedor por conta da eficiência comunicativa e operacional. Mesmo durante o isolamento social, o ambiente continuou expandindo como um importante apoio para desenvolvimento de estratégias de inovação abertas, contribuindo para acelerar as jornadas de transformação digital e cultural dos habitantes.

Com a melhora gradativa na situação global da pandemia, os espaços de coworking estão reaquecendo no mercado. A WeWork, bem como a Effecti, está seguindo todas as recomendações dos órgãos de saúde e padrões sanitários por conta da Covid-19.

Comments are closed