Moscas brancas: Quais são os profissionais mais disputados pelas empresas em 2021?

Moscas brancas: Quais são os profissionais mais disputados pelas empresas em 2021?

Em meio às várias transformações que o mercado de trabalho vem sofrendo devido à pandemia, e também à digitalização acelerada que tornou crucial às empresas estar presente no ambiente virtual, alguns profissionais vêm sendo bastante disputados. De acordo com um levantamento da Workana , maior plataforma que conecta freelancers a empresas da América Latina, só em abril deste ano a demanda por profissionais de design & multimídia chegou a 37,15%. Em segundo lugar no ranking de especialistas mais buscados aparece Ti & programação, como podemos ver abaixo:

Áreas com mais procura por profissionais (abril/21)

Design & Multimídia 37,15%
TI & Programação 29,03%
Tradução & Conteúdo 15,40%
Marketing & Vendas 12,47%
Engenharia & Manufatura 2,14%
Finanças & Administração 1,63%
Suporte administrativo 1,39%
Legal 0,79%

“No ano passado as empresas já haviam sinalizado a dificuldade de encontrar profissionais qualificados e com perfil diferenciado – chamados de moscas brancas – para atender demandas desse setor. Conforme a pandemia se estende, mais se torna comum/frequente o consumo online e, consequentemente, cresce a necessidade de ter um site, e-commerce, redes sociais ou aplicativo. E para abastecer esses canais é preciso ter conteúdo multiplataformas para que o consumidor tenha acesso a informações que agreguem e uma boa experiência omnichannel”, afirma Daniel Schwebel, country manager da Workana.

Dados de um estudo do LinkedIn apontavam mesmo que, dentre os 15 setores que apresentaram crescimento em 2020 e se tornaram fortes candidatos a impulsionar o mercado de trabalho agora em 2021, além da área da saúde, os relacionados a tecnologia, vendas, marketing e conteúdo se destacariam e figurariam na lista de moscas brancas.

A boa notícia é que, em contrapartida, há milhares desses profissionais especialistas disponíveis para desenvolver projetos pontuais por meio de plataforma de trabalho freelance, como a Workana, por exemplo. Em abril, TI & Programação disparou na frente como a área com mais cadastros de novos freelancers na plataforma, com 37,9% do total, seguida por Design & Multimídia:

Áreas com mais registros de freelancers (abril/21)

TI & Programação 37,9%
Design & Multimídia 17%
Tradução & Conteúdo 16,4%
Marketing & Vendas 12,9%
Suporte administrativo 7,5%
Finanças & Administração 3,9%
Engenharia & Manufatura 2,4%
Legal 1,9%

Para Daniel Schwebel, como muitos consumidores pretendem continuar comprando online – ou pelo menos de forma híbrida, como afirmaram 60% dos entrevistados para uma pesquisa da All iN & Social Miner, a tendência é que a demanda por profissionais de TI & Programação continue em alta, bem como Design & Multimídia, Conteúdo e Marketing & Vendas. “No início do isolamento social, em março/20, o comércio e as empresas como um todo foram bastante impactados. Porém, eles vêm se reerguendo com a ajuda de profissionais qualificados. Cabe às organizações encontrar suas moscas brancas para seguir em constante evolução, e atendendo às necessidades do mercado. Na Workana, por exemplo, há mais de 3,8 milhões de freelancers especialistas”, conclui Schwebel.

Comments are closed