Stake, app de investimentos nos EUA, capta R$ 165 milhões para desenvolvimento de produto e crescimento global

Stake, app de investimentos nos EUA, capta R$ 165 milhões para desenvolvimento de produto e crescimento global

A fintech Australiana Stake, anunciou um aporte de R$ 165 milhões da Tiger Global e parceiros da DST Global, investidores de empresas de tecnologia de ponta

A plataforma digital de investimento no mercado de ações dos EUA, Stake, anunciou uma bem-sucedida rodada de investimentos da Tiger Global e sócios da DST Global, que investiram um valor que alcança a marca de R$ 165 milhões para impulsionar a expansão de seu produto bem como a sua presença global.

Isso ocorreu depois do rápido e contínuo crescimento da Stake, que contou com o lançamento em outros países. Operando desde 2017 na Austrália, no ano passado a Stake cresceu mais de 6 vezes a sua base de clientes, chegando ao Brasil e também no Reino Unido e Nova Zelândia, atingindo a marca de 350.000 clientes em todo o mundo. 

“Estamos muito animados em termos chegado até aqui, mas é apenas o começo. Nascemos para abrir muitas possibilidades  para os investidores de varejo e fomos autofinanciados durante os primeiros quatro anos de nossa jornada. Testamos e aprovamos o modelo e agora temos a chance de expandir o produto e levar nosso serviço de corretagem zero a ainda mais investidores.”, disse Matt Leibowitz, fundador e CEO da Stake.

A Stake oferece aos investidores pessoa física acesso a mais de 4.000 ações dos EUA, sem taxa de corretagem. Os investidores podem acessar vários tipos de ordens avançadas e negociar frações de ações – possibilitando que todas as ações, não importa o preço, possam ser acessadas, não importa o valor do investimento. Os investidores podem ter poder de compra instantâneo, ou seja, podem comprar ações antes que os fundos sejam liquidados e podem acessar dados financeiros completos das empresas, classificações de analistas e preços alvo das empresas de Wall Street.

Liderando a rodada de investimento estão os norte-americanos Tiger Global e os sócios dos britânicos, DST Global, que juntos foram os principais investidores de algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo. A Stake se beneficiará não apenas do valor aportado, mas também da orientação refinada que vem com a larga experiência desses gigantes investidores globais.

“É um movimento que nos eleva a um patamar superior e extraordinário. Poder ter parceiros desse calibre, que têm desempenhado um papel tão importante no crescimento de empresas líderes mundiais repetidas vezes, é muito animador.” disse o fundador e CEO da Stake, Matt Leibowitz.

Stake revela que o investimento será direcionado para expansão global e no desenvolvimento do produto. Além do crescimento, haverá um investimento forte nos mercados locais e por aqui, isso vai ser tangibilizado com o aumento da equipe no Brasil com um foco especial em atender as demandas dos investidores não só brasileiros, mas do mundo todo.

“Por mais que a Stake tenha um DNA australiano, a atuação é sempre pensada globalmente e, com a expansão global que tivemos ano passado e pretendemos ter ainda esse ano, é essencial entender profundamente o comportamento local para sempre atuar de acordo com os interesses dos públicos específicos, que têm suas preferências e particularidades.” afirma Paulo Kulikovsky, COO global e diretor geral da Stake para América Latina.

Para atender a demandas globais, a Stake já está investindo em aumento de equipe, criando várias oportunidades de emprego em áreas que vão desde o atendimento aos clientes, operações, marketing e tecnologia. 

“Para cumprir nossa missão de levar a melhor experiência de investimentos para as pessoas, é imprescindível ter uma equipe que possua entendimento profundo dos mercados locais, só assim é possível ouvir os clientes e desenvolver um pacote de produtos que vá de encontro com suas necessidades e desejos.”, conclui Kulikovsky.

Comments are closed