ABES manifesta apoio aos membros da Frente Empresarial em Defesa da LGPD para compor a lista tríplice do CNPD

ABES manifesta apoio aos membros da Frente Empresarial em Defesa da LGPD para compor a lista tríplice do CNPD

Com o propósito de contribuir para a construção de um Brasil mais digital e menos desigual, no qual a tecnologia da informação desempenha um papel fundamental para a democratização do conhecimento e a criação de novas oportunidades para todos, a ABES – Associação Brasileira das Empresas de Software, uma das fundadoras da Frente Empresarial em Defesa da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), manifesta apoio aos membros do grupo que foram indicados para compor a lista tríplice do CNPD (Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade) da ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados).

A associação acredita que, com a nomeação dos membros da Frente Empresarial em Defesa da LGPD, será possível assegurar um ambiente de negócios propício à inovação, ético, sustentável, dinâmico e competitivo globalmente.

“São especialistas e líderes empresariais que estão motivados e engajados na construção de uma efetiva cultura da privacidade com equilíbrio e segurança jurídica entre a proteção de direitos e a inovação. Durante todo o tempo de existência da Frente LGPD temos trabalhado muito juntos e, sem dúvidas, todos os 8 membros mereceriam compor o CNPD”, ressalta Rodolfo Fücher, presidente da ABES.

Veja abaixo a lista de nomes indicados à tríplice do CNPD:

Edital 1: Organizações da sociedade civil com atuação comprovada em proteção de dados pessoais

Vaga 3

Davis Souza Alves: ANPPD – Associação Nacional dos Profissionais de Privacidade de Dados; ANAPRI – Associação Nacional dos Profissionais de Relações Internacionais; ANPEPF – Associação Nacional dos Procuradores das Empresas Públicas Federais.

Edital 3: Confederações sindicais representativas das categorias econômicas do setor produtivo

Vaga 1

Natasha Torres Gil Nunes: CONTIC – Confederação Nacional da Tecnologia da Informação e Comunicação.

Vaga 2 e Suplente

Cássio Augusto Muniz Borges: CNI – Confederação Nacional de Indústria;

Marcos Vinícius Barros Ottoni: CN Saúde – Confederação Nacional de Saúde, Hospitais e Estabelecimentos de Serviços Médicos.

Edital 4: Entidades representativas do setor empresarial

Vagas 1, 2, e Suplentes

Ana Paula Martins Bialer: BRASSCOM – Associação de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação; ABINEE – Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica; ABSTARTUP -Associação Brasileira de Startups; AMOBITEC – Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia; Associação Brasileira On Lineto off line; Asociação Dínamo; Camara e-net – Câmara Brasileira da Economia Digital;

Italo Lima Nogueira: Federação Assespro – Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação;

Vitor Morais de Andrade: ABEMD – Associação Brasileira de Marketing de Dados; ABAP – Associação Brasileira de Agências de Publicidade; ABEP – Associação Brasileira de Pesquisa; ABERT – Associação Brasileira de Rádio e Televisão; ABRADI – Associação Brasileira dos Agentes Digitais; ABRACOM – Associação Brasileira de Comunicação; ABRAREC -Associação Brasileira das Relações Empresa Cliente; ABRATEL – Associação Brasileira de Rádio e Televisão; ABT – Associação Brasileira de Telesserviços; AMPRO – Associação de Marketing Promocional; ANER – Associação Nacional de Editores de Revistas; ANJ – Associação Nacional de Jornais; APP – Associação dos Profissionais de Propaganda; CNCOM – Confederação Nacional de Comunicação Social; AFENAPRO – Federação Nacional das Agências de Propaganda.

Ricardo Pereira de Almeida: CNDL – Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas

Sobre a Frente Empresarial em Defesa da LGPD e da Segurança Jurídica

A Frente Empresarial em Defesa da LGPD e da Segurança Jurídica foi criada no dia 5 de agosto de 2020. Em torno de 80 entidades empresariais, representando mais de 14 setores da economia brasileira e totalizando quase 80% do PIB nacional, decidiram se reunir em defesa da LGPD e para buscar a segurança jurídica num tema que afeta a todos os brasileiros.

Comments are closed