Oracle anuncia segunda região de nuvem em São Paulo

Oracle anuncia segunda região de nuvem em São Paulo

Para apoiar a crescente demanda das empresas por serviços em nuvem no Brasil, a Oracle anuncia hoje a segunda região de nuvem, em Vinhedo (São Paulo). Essa iniciativa segue a abertura de São Paulo, em 2019, fazendo com que o Brasil seja o mais novo país a oferecer duas regiões. A abertura marca a 30ª região de nuvem da Oracle no mundo e é parte do plano global da empresa de operar 38 regiões até o final de 2021. Os esforços de transformação digital no país foram acelerados pela pandemia global e a Oracle está trabalhando com organizações para ajudá-las a migrarem para a nuvem com segurança e em conformidade com os regulamentos de soberania de dados.

“Temos a certeza de que, com o nosso plano de expansão de infraestrutura na nuvem, continuamos a apoiar o crescimento das empresas, bem como democratizar o uso da tecnologia em todo o País. Incentivar os negócios dos diversos setores com inovação e, por consequência, gerar impacto positivo na sociedade. Isso faz parte da nossa visão”, afirma Rodrigo Galvão, presidente da Oracle Brasil.

A Oracle continua fazendo investimentos significativos no Brasil a fim de apoiar o rápido crescimento dos clientes e parceiros. O anúncio de hoje vem na sequência da recente expansão da parceria de interoperabilidade de nuvem entre Oracle e Microsoft para ajudar os clientes em comum mundialmente, como a TIM Brasil, que está migrando seus dados de missão crítica para Oracle Cloud e Microsoft Azure. Essa interconectividade significa que as empresas podem agora levar suas cargas de trabalho para as regiões de nuvem da Oracle e Microsoft no país.

A Oracle tem uma estratégia exclusiva de duas regiões de nuvem que permite aos clientes implantarem aplicativos resilientes em diversos locais separados geograficamente para recuperação de desastres e com requisitos de conformidade – sem que dados confidenciais saiam do país. A Oracle é o único grande provedor de nuvem com regiões de nuvem dupla no Brasil, permitindo que as empresas executem suas cargas de trabalho de missão crítica na Oracle Cloud.

A nova região de nuvem fornecerá serviços Oracle Cloud Infrastructure, incluindo Oracle Autonomous Database, Kubernetes, solução Oracle Cloud VMware, Oracle Cloud Infrastructure e Oracle Cloud Applications. Também proporcionará diversos benefícios aos clientes, especialmente os de setores altamente regulamentados com restrições de acesso a servidores fora do território nacional.

A Oracle tem trabalhado para promover a adoção de energia renovável, melhorar a eficiência hídrica e obter certificações ambientais. A Oracle Cloud leva aos clientes a oportunidade de agregar valor aos negócios e reduzir seu impacto ambiental, desde o fornecimento de materiais e energia renovável até recursos de nuvem, como computação flexível, que combina com precisão esses recursos às necessidades de carga de trabalho de forma granular, o que reduz o consumo e os custos.

Benefícios da região de nuvem de Vinhedo para os clientes e parceiros

A Oracle está ajudando empresas de todos os tamanhos e setores a acelerarem a jornada para a nuvem, como TIM Brasil, SKY, Rumo e Sky.One, proporcionando máximo controle e alto nível de segurança de dados. A região de nuvem de Vinhedo terá disponibilidade contínua de até 99,995%, garantindo que não haja interrupções. Além disso, a migração para a região da nuvem de Vinhedo levará às empresas segurança e nos exigentes requisitos de residência de dados, bem como na redução de custos operacionais e modernização de aplicações legadas.

Líder na cobertura 4G e uma das maiores operadoras do País, a TIM Brasil decidiu recentemente fazer a migração de 100% dos seus datacenters em linha com plano estratégico da empresa, que envolve digitalizar todos os processos, inclusive nas plataformas de atendimento e relacionamento.

A empresa firmou contrato com Oracle e Microsoft, que permitirá à empresa aprimorar processos de atendimento ao cliente, operações internas, faturamento, arrecadação e gestão de plataformas digitais com rapidez, escalabilidade e segurança, em um projeto que combina inovação, sustentabilidade e eficiência.

“Nossa proposta é levar a experiência do cliente a um novo patamar, com mais eficiência e agilidade, sempre com os mais altos níveis de segurança. Somos a primeira operadora a promover uma mudança com essa dimensão, antecipando também iniciativas ligadas a governança e sustentabilidade, dentro de um projeto maior, relacionadas a uma agenda ESG que permeia toda a atuação da TIM. Estamos acompanhando o movimento de mercado e investindo em áreas como Analytics e Digital, fundamentais para a expansão dos negócios da empresa, e contamos com parceiros que atendem aos mais altos níveis de qualidade para destacar nosso pioneirismo e referência para o setor de Telecomunicações”, declara Pietro Labriola, CEO da TIM Brasil.

A SKY iniciou seu plano para jornada de transformação digital em 2018, quando a operadora de TV por satélite optou por usar Oracle Autonomous Database para executar análises automatizadas em tempo real com agilidade e segurança, levando mais valor aos seus clientes. O sistema opera na infraestrutura Oracle Cloud Infrastructure (OCI). A experiência gerou resultados importantes e, por isso, a SKY decidiu migrar, ainda este ano, 80% de seus datacenters para a infraestrutura na nuvem da Oracle.

Segundo André Nazaré, diretor de Infraestrutura e TI da SKY, o momento do mercado demanda agilidade da empresa que encontrou na OCI uma forma de atingir um time to market melhor. “Precisamos ter uma praticidade de fazer experimentações de produtos para desenvolver novas soluções. Com a OCI teremos oportunidade de inovar, testar e criar novas ofertas”, destacou.

Rumo é uma empresa do Grupo Cosan e maior operadora de logística ferroviária do Brasil, inova em suas operações para garantir que suas soluções logísticas sejam entregues da melhor forma. Responsável pelo transporte de 26% do volume de grãos exportados pelo Brasil e 30% do transporte de açúcar no mundo.

A solução escolhida foi a Oracle Cloud Infrastructure (OCI) que, ao longo de três meses e no meio da pandemia, recebeu todas as áreas da Rumo, tais como sistemas administrativos, suprimentos, faturamento e sistemas do centro de controle de operação ferroviária, o equivalente a 150 terabytes de informações.

De acordo com Yugo Nomura, líder de Tecnologia da Informação da Rumo, a migração para nuvem foi um sucesso. “Anteriormente, tentamos migrar nossos sistemas de Centro de Controle para outras soluções on-premises e não deu certo. Essa foi a primeira vez que conseguimos fazer a migração e rodar todas as operações normalmente em nuvem, sem gerar qualquer indisponibilidade”, conta.

Sky.One surgiu em um pequeno espaço de co-working e hoje consolidou-se como uma das principais companhias especializadas no desenvolvimento de plataformas que transformam a maneira como as empresas consomem tecnologia, agregando inteligência e agilidade, permitindo a reinvenção dos modelos de negócios de seus clientes e parceiros. Em 2020, a Sky.One cresceu 80% e iniciou 2021 com a expansão acelerada dos novos produtos e mais fortemente no mercado internacional, o qual já alcançou uma maturidade suficiente para oferecer também os outros produtos já testados no Brasil.

De acordo com o CEO da Sky.One, Ricardo Brandão, a empresa atende clientes que utilizam a modalidade on premise e há um longo caminho a percorrer no que diz respeito à transformação digital. “Muitas empresas ainda não conhecem o potencial da nuvem, como segurança, custo reduzido e agilidade e a companhia entende esse cenário como uma oportunidade e, por isso, optou por contar com a Oracle como mais uma provedora de nuvem usufruindo das vantagens da Oracle Cloud Infrastructure”, afirma Brandão.

Oracle Cloud Infrastructure FastConnect oferece conectividade para as regiões de Oracle Cloud Infrastructure e outros serviços da Oracle Cloud. O FastConnect conta com uma maneira fácil, flexível, elástica e econômica de criar uma conexão dedicada e privada com opções de largura de banda mais alta e uma experiência de rede mais confiável e consistente em comparação com conexões públicas baseadas na Internet. O FastConnect está disponível via parceiros FastConnect ou conexão direta. Está disponível por meio dos parceiros Ascenty e Lumen Technologies.

Compromisso com o Brasil

A Oracle está presente no Brasil há 33 anos com compromisso de longo prazo para apoiar o desenvolvimento local, empoderando as pessoas e organizações por meio da inovação, bem como ajudando as empresas de todos os tamanhos dos setores público e privado, a crescerem de forma sustentável na nova economia digital.

A inovação está no DNA da empresa. A Oracle inaugurou a Casa Oracle, em São Paulo, em 2019. Para promover a transformação digital, inovação, conhecimento e experiências, atualmente o espaço é virtual devido a pandemia e continua estreitando as conexões com clientes, parceiros, estudantes, educadores, startups, desenvolvedores e comunidade. O principal propósito é incentivar a inovação em todos os níveis da sociedade, incluindo a co-criação de soluções baseadas nas últimas tecnologias, como Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Blockchain, entre outros.

O tema Educação é um dos pilares da empresa e, com o programa filantrópico Oracle Academy, promove a capacitação de professores em tecnologia com acesso ao conteúdo e conhcimento, além de disponibilizar infraestrutura de software e nuvem Oracle. Com isso, os estudantes passam a aprimorar suas habilidades e podem se preparar para as profissões do futuro, gerando oportunidades de empregabilidade em TI. Atualmente, o programa atua em em todos os estados brasileiros com a participação de mais de 1.000 instituições de ensino, treinando mais de 5.000 professores e impactando milhares de alunos em todo o País.

Expansão Global das regiões de Oracle Cloud

A Oracle abriu 12 regiões de nuvem, em 2020, e atualmente opera 30 regiões globalmente – 23 comerciais e sete governamentais e diversas regiões dedicadas aos serviços de inteligência dos Estados Unidos – a expansão mais rápida feita por qualquer grande provedor de nuvem. Para ajudar os clientes a manterem a continuidade dos negócios e proteção contra desastres, atendendo aos requisitos de residência de dados de seu país, a Oracle planeja estabelecer pelo menos duas regiões em quase todos os países onde atua. Os Estados Unidos, Canadá, União Européia, Reino Unido, Coreia do Sul, Japão, Brasil, Índia e Austrália já têm duas regiões de nuvem. As próximas regiões que incluem segundas regiões nos Estados Unidos, Arábia Saudita e União Europeia são Itália, Suécia e França; bem como novas regiões em Cingapura, África do Sul e Israel.

As regiões de Oracle Cloud atualmente disponíveis incluem:

• Ásia Pacifico: Toquio, Osaka, Seoul, Chuncheon, Mumbai, Hyderabad, Sydney, Melbourne;

• Américas: San Jose, Phoenix, Ashburn, Toronto, Montreal, São Paulo, Vinhedo, Chile;

• Europa: Frankfurt, Londres, Zurique, Amsterdam, Wales;

• Oriente Médio: Jeddah, Dubai;

• Governo: duas regiões para governo dos Estados Unidos e para US National Security; três para Departamento de Defesa dos Estados Unidos e duas no Reino Unido.

Comments are closed