RS reúne especialistas para debater sobre Plano de Cidades Inteligentes de Porto Alegre

RS reúne especialistas para debater sobre Plano de Cidades Inteligentes de Porto Alegre

Foto: Jefferson Bernardes/PMPA

Na próxima terça (11 de maio), às 09h (horário de Brasília), o Connected Smart Cities & Mobility, iniciativa da Necta, realiza o Encontro Regional Porto Alegre para debater sobre as iniciativas de smart cities no contexto da capital gaúcha. A edição faz parte da agenda de eventos regionais da plataforma, em 2021, em todas as capitais do País, contemplando 27 ações, entre fevereiro e agosto.

O Encontro Regional Porto Alegre é o 1º da Região Sul é o 12º da agenda da plataforma e faz parte das iniciativas da sétima edição do evento nacional Connected Smart Cities & Mobility, que acontece, em São Paulo, entre os dias 01 e 03 de setembro de 2021, e conta com programação pré-evento. O primeiro encontro foi realizado em Salvador; seguido por Vitória; Belém; Campo Grande; Curitiba; Maceió; Manaus; Recife; Rio de Janeiro; Rio Branco; e Fortaleza. Inscrições gratuitas em: http://bit.ly/3gPXN9E

A iniciativa reunirá especialistas em smart cities e acontece ao vivo, em formato virtual, com destaque para a programação, com a apresentação do Plano de Desenvolvimento de Cidades Inteligentes para Porto Alegre e dos indicadores de desenvolvimento, no contexto do Ranking Connected Smart Cities 2020. Conforme o estudo, a cidade está entre as dez mais inteligentes e conectadas do Brasil (nona posição), além do 3º lugar na Região Sul; 4º em Empreendedorismo; e 6º nos recortes com mais de 500 mil habitantes e Tecnologia e Inovação, além do 13º lugar em Economia; e 15º em Saúde.

“Somos a principal plataforma do ecossistema de cidades inteligentes e mobilidade urbana no Brasil e fomentar esse tema da forma mais abrangente possível faz todo o sentido para o nosso trabalho. Os encontros e outras atividades permitem que o debate e as boas práticas para a cidades e a mobilidade urbana alcancem mais municípios. E, assim como nas demais regiões, teremos uma agenda importante na capital gaúcha. Para tanto, contamos com o envolvimento dos vários atores com atuação no desenvolvimento mais sustentável das cidades”, disse Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility.

Porto Alegre no Ranking Connected Smart Cities
A programação do Encontro Regional Porto Alegre conta com a apresentação dos destaques da cidade no Ranking Connected Smart Cities, que compreende 70 indicadores segmentados em 11 eixos temáticos: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, educação, saúde, segurança, energia, empreendedorismo, tecnologia e inovação, governança e economia e adapta os principais estudos internacionais e a ISO 37.122, referente à indicadores para cidades inteligentes.

Além dos resultados gerais, o Ranking CSC traz análises segmentadas pelos eixos temáticos, permitindo uma visão Regional do Brasil, considerando o porte de municípios. Porto Alegre está inserida no recorte das cidades com mais de 500 mil habitantes.

Subindo 11 posições no Ranking Connected Smart Cities, a cidade de Porto Alegre tem em seus destaques os eixos de Empreendedorismo, Tecnologia e Inovação, Economia e Saúde. Em relação aos ambientes de inovação, de acordo com dados da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), a capital gaúcha possui 2 polos tecnológicos e 15 incubadoras, gerando um crescimento de 1,3% nas empresas de tecnologia e inovação (em 2019, a alta foi de 0,2%). A alta das Micro Empresas Individuais (MEI) foi de 23,6% no período analisado.

Ainda em relação a tecnologia da cidade, 52% das conexões de internet possuem velocidade acima de 34 megabytes, contra 39,8% no ano anterior. A capital também teve um salto no número de ligações à internet, passando de 32 para 97 para cada 100 habitantes e, ainda, contabilizou 42,6 patentes para cada 100 mil habitantes, um grande crescimento em relação ao Ranking anterior, onde foram depositadas 10,5 patentes por cem mil habitantes.

Sobre os indicadores econômicos, a cidade de Porto Alegre conta com 74,8% dos empregos no setor privado, incremento de 0,4%, na comparação com 2019, e 62,5% da receita não oriunda de transferências/repasses. Já o percentual de empregos em setores smart é de 4,9% dos empregos formais em educação, pesquisa e desenvolvimento e 3,7% em tecnologia, inovação e comunicação.

Willian Rigon, diretor e sócio da Urban Systems e Connected Smart Cities, que também coordena o estudo, cita que, em 2020, foi regulamentado o Fundo Municipal de Inovação e Tecnologia de Porto Alegre, que tem entre seus objetivos incentivar a modernização da máquina pública, estimular e se aproximar de startups e buscar soluções inovadoras para desafios e problemas da cidade em áreas como educação, saúde e segurança.

“Ressalto, ainda, que Porto Alegre é um dos poucos municípios brasileiros que apresenta renda média entre os trabalhadores formais acima de R﹩ 4 mil reais. A boa diversificação econômica lhe gera independência econômica do setor público, onde 74,8% dos empregos formais estão no setor privado e 62,5% das receitas não são oriundas de transferências públicas”, pontuou.

Rigon também menciona o eixo Saúde, onde a cidade ocupa a 15ª no Ranking Connected Smart Cities 2020. “Durante a pandemia, a cidade inovou na área da saúde e aprovou edital junto ao Inova RS contra a Covid-19. A ação promove atendimentos com psiquiatras e psicólogos, por meio do programa TelePsi do Ministério da Saúde e do Hospital de Clínicas de Porto Alegre”, disse.

“Também observamos, entre seus indicadores, o elevado número de leitos por habitantes: 5,58 leitos para cada mil habitantes, índice bem acima das demais capitais do País, com média em torno de 3, bem como um aumento no valor investido em saúde e que contabiliza quase mil reais por habitante em despesas”, conclui Rigon.

Palestrantes Encontro Regional Porto Alegre
Estão confirmados: Paulo Zawislak, coordenador do Núcleo de Estudos em Inovação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (NITEC-UFRGS); José Fernando de Mattos, secretário do Gabinete da Inovação (Inovapoa) da Prefeitura de Porto Alegre; Fabiano Hessel, pesquisador na área de Internet das Coisas (IoT) e Cidades Inteligentes da PUCRS.

Além de: Carlos Eduardo Cardoso, responsável por Soluções e-city da Enel X; Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility; Willian Rigon, diretor e sócio da Urban Systems e Connected Smart Cities.

A programação completa está disponível em: http://evento.connectedsmartcities.com.br/eventos-regionais/

AGENDA

A Agenda proposta para os eventos acontece entre 23 de fevereiro e 24 de agosto de 2021 e contempla os estados/regiões:


Estados Região Nordeste/Cidades: Maceió (AL); Salvador (BA); Fortaleza (CE); São Luís (MA); João Pessoa (PB); Recife (PE); Teresina (PI); Natal (RN); Aracaju (SE);


Estados Região Sul/Cidades: Florianópolis (SC); Curitiba (PR); Porto Alegre (RS);

Estados Região Norte/Cidades: Rio Branco (AC); Macapá (AP); Manaus (AM); Belém (PA); Palmas (TO); Porto Velho (RO); Boa Vista (RR);


Estados Região Sudeste/Cidades: Vitória (ES); Belo Horizonte (MG); Rio de Janeiro (RJ); São Paulo (SP);

Estados Região Centro-Oeste/Cidades: Brasília (DF); Campo Grande (MS); Cuiabá (MT); Goiânia (GO).

Patrocinadores Eventos Regionais: Bosch, Enel X, Signify e Sonner

Comments are closed