Metade das PMEs na América Latina planeja aumentar os investimentos na infraestrutura de TI em 2021, aponta estudo do IDC e da Dell

Metade das PMEs na América Latina planeja aumentar os investimentos na infraestrutura de TI em 2021, aponta estudo do IDC e da Dell

Cerca de 50% dos pequenos e médios empresários da América Latina planejam aumentar os investimentos em infraestrutura de tecnologia em 2021. Os dados são do estudo Oportunidades de Mercado para PMEs, realizado pelo IDC e patrocinado pela Dell Technologies.

Enquanto um quarto dos entrevistados (25%) projeta um investimento médio de US﹩20 a US﹩50 mil, cerca de 20% dos entrevistados indicam que o valor investido deve superar a marca de US﹩100 mil. O principal foco dos aportes será na modernização de computadores além de servidores e soluções de armazenamento externo.

A transformação digital ainda é um entrave para algumas organizações. Embora o estudo indique que 52% dos médios negócios (de até 499 funcionários) já estão no processo de maturidade digital média ou avançada, 60% das pequenas empresas (de 10 a 99 funcionários) ainda estão em estágios iniciais. Uma das soluções para o avanço na digitalização pode estar no modo de aquisição da tecnologia. Isso porque a crescente necessidade de flexibilidade, escalabilidade e otimização de custos traz uma demanda por soluções como serviço. Os investimentos em Infraestrutura como Serviço (IaaS) são prioritários para 40% dos líderes de PMEs na América Latina.

“No contexto do isolamento social, ficou ainda mais clara a relevância de investir em soluções de TI que suportem a transformação digital, que passou a ser essencial para a sobrevivência e o sucesso dos negócios, da economia e da sociedade em um ambiente com transações cada vez mais virtuais”, comenta Luis Gonçalves, Líder da Dell Technologies na América Latina. “Para apoiar as pequenas e médias empresas, a Dell Technologies tem investido em inovações e soluções que garantam a modernização do ambiente de TI, bem como vem oferecendo ao mercado modelos de pagamento e consumo flexíveis, com ofertas como a do Dell Flex On Demand”, complementa.

Prioridades de compra e investimentos

Entre as prioridades de compra de tecnologia apontadas pelo estudo, estão os computadores – que foram indicados como a principal aquisição por 88% dos líderes de PMEs na região. Além dos PCs, os pequenos e médios empresários buscam por servidores (67%) e smartphones (46%) para atualizarem e modernizarem seus negócios.

Gestores de TI já sabem o que buscam quando vão realizar um investimento: 98% das empresas consideram o desempenho do processador ao escolher computadores ou servidores – que ainda precisam ter funcionalidades de segurança e proteção de dados. Vale ressaltar que mais de 50% das empresas consideram o sistema operacional como um fator de decisão de compra.

O valor do investimento é outro ponto importante na escolha do fornecedor. Para 52% dos gestores de PME consultados, o principal fator na hora de escolher um parceiro de TI é o custo total, seguido por variedade de portfólio (40%) e oferta de serviços (39%).

“Nesse sentido, a Dell Technologies está mais preparada do que qualquer outro fornecedor do mercado de TI para apoiar as pequenas e médias empresas. A Dell combina o mais completo e inovador portfólio de soluções, com soluções líderes de mercado, além da opção de pagamento flexível e os melhores serviços de pré e pós-venda”, conta Luis Gonçalves.

Comments are closed