Mercado de serviços de TI cresce 3,5% em 2020, segundo a IDC Brasil

Mercado de serviços de TI cresce 3,5% em 2020, segundo a IDC Brasil

Mesmo diante de um PIB que encolheu 4,1% em 2020, o mercado de serviços de TI no Brasil cresceu 3,5% em relação a 2019, ultrapassando os R$ 42 bilhões. A conclusão é do estudo IDC Brazil Semiannual Services Tracker 2020 realizado pela IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações.

De acordo com o estudo da IDC Brasil, que pesquisa serviços gerenciados, orientados a projetos e suporte, outro tema que acelerou o mercado de serviços no país em 2020, ainda que moderadamente, foi a LGPD, que entrou em vigor em agosto do ano passado. Monteiro explica que, embora a maioria das organizações já tenha ações em andamento, apenas metade das empresas entrevistadas para o estudo afirmou que já estava avançada nas ações de adequação à nova legislação, o que mostra que ainda há espaço para projetos e um gap de maturidade relativo a esse tema no mercado.

Projeções para 2021

Para a IDC Brasil, a atual cotação do dólar deve continuar inibindo o consumo de equipamentos e componentes, o que deve refletir em projetos de ampliação e modernização de bases instaladas nas corporações. “A dinâmica dos negócios no início desse ano mostra alguma desaceleração frente ao planejado inicialmente, muito por conta do agravamento das condições da pandemia. Ainda assim, a perspectiva é boa pois, na medida em que a população for vacinada, o ritmo das negociações e o humor do mercado devem melhorar, acelerando a prestação e o consumo de serviços de TI pelas corporações”, diz Monteiro.

Para 2021, a IDC projeta crescimento acima de 5% no mercado de serviços de TI, e uma retomada mais relevante, em especial para serviços gerenciados, a partir de 2022.

Comments are closed