Vendas no delivery cresceram 101% durante a Páscoa

Vendas no delivery cresceram 101% durante a Páscoa

Com restrições de movimentação e o fechamento das lojas físicas, as vendas de refeições via delivery foram agitadas e registraram crescimento no final de semana de Páscoa deste ano. O volume mais que dobrou, com aumento de 101% comparado com o mesmo período em 2020, segundo dados da Linx, líder em tecnologia para o varejo.

De acordo com a mesma base de dados, na Páscoa de 2020, que já registrava os primeiros fechamentos do comércio por conta da covid-19, os pedidos via delivery praticamente triplicaram, com crescimento expressivo de 191% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando ainda não havia pandemia.

Para a Linx, os números evidenciam a consolidação da cultura do delivery, essencial para os restaurantes manterem as vendas durante a pandemia. No Carnaval deste ano, por exemplo, a tendência já podia ser notada: os pedidos cresceram 276% em relação ao Carnaval de 2020.

Ao todo, 240.399 pedidos via delivery foram analisados nos finais de semana de Páscoa (sexta, sábado e domingo) durante os três últimos anos. Em 2020 e 2021, em que a Páscoa aconteceu em meio a pandemia, os dias com mais vendas foram aos sábados, seguidos por sexta-feira e domingo. Em 2019, as vendas no delivery cresceram progressivamente desde a sexta-feira até alcançar o pico no domingo de Páscoa.

Comments are closed