Mitsubishi Electric investe globalmente U$ 2 bilhões em P﹠D

Mitsubishi Electric investe globalmente U$ 2 bilhões em P﹠D

Embora a pandemia tenha sido determinante para esse declínio, não é o principal culpado. A participação das atividades industriais no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro vem apresentando decréscimos desde a década de 1990, com maior intensidade a partir de 2016.

A queda de investimentos na aplicação de recursos e modernização nas linhas de produção provocou a diminuição da produtividade, dificultando a competitividade. Além disso, o custo brasil e a sobrevalorização cambial dificultaram a retomada. Nesse cenário, vimos uma debandada de indústrias do país, principalmente, do setor de automóveis, devido às altas taxas de importação para manter a produção local.

De outro lado, a divisão de automação industrial da fabricante japonesa, a centenária Mitsubishi Electric, cresceu mesmo diante da crise. Em 2020, a companhia registrou crescimento de cerca de 12% no Brasil, em comparação com o ano anterior. De 2014 a 2020, triplicou o faturamento. Para 2021, a empresa planeja dobrar o faturamento e se consolidar como um dos principais players do setor industrial.

A corporação investiu aproximadamente U$ 2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento para apoiar importantes negócios e desenvolver soluções inovadoras em todas suas áreas de atuação. Foi também a segunda empresa em todo o mundo a registrar o maior número de novas patentes em 2019, classificando-se entre as 10 melhores internacionalmente nos últimos seis anos consecutivos.

As últimas inovações da Mitsubishi Electric estão ligadas à Indústria 4.0 e, consequentemente, à inteligência artificial, possibilitando que as indústrias melhorem a produtividade e retomem o crescimento.

Comments are closed