Nuvemshop recebe investimento de R$ 500 milhões

Nuvemshop recebe investimento de R$ 500 milhões

A Nuvemshop, plataforma de e-commerce líder na América Latina, acaba de receber uma nova rodada de investimento de meio bilhão de reais. A captação foi liderada pelo fundo global Accel Partners, que já investiu em empresas como Facebook, Slack e Spotify. Além disso, a rodada contou com a entrada da ThornTree Capital e a participação dos investidores atuais Kaszek, Qualcomm Ventures LLC e Kevin Efrusy, que está investindo pessoalmente. Esse novo aporte, chamado de Series D, chegou em tempo recorde: apenas cinco meses após a empresa anunciar a rodada Series C .

Com esse novo investimento, a Nuvemshop irá acelerar ainda mais o seu propósito de reduzir as barreiras do empreendedorismo em toda a América Latina. O objetivo é continuar construindo o maior ecossistema de e-commerce para marcas na região, garantindo aos pequenos e médios empreendedores e grandes marcas acesso à tecnologia de ponta e custos reduzidos por meio de economia de escala que, até então, estavam disponíveis apenas para os gigantes do varejo.

“Por meio da nossa rede de mais de 75 mil lojistas, estamos impactando milhões de empregos diretos e indiretos no Brasil. Estamos conectando comércios diretamente com os seus consumidores, aquecendo a economia num momento de grande necessidade”, afirma Santiago Sosa, CEO e co-fundador da Nuvemshop. “Com esse novo aporte, iremos entregar ainda mais ferramentas, principalmente nas categorias de pagamento e logística, para que qualquer empreendedor possa se inserir no mundo digital com sucesso”.

Um dos negócios lançados em 2020 foi o da Marina Anjos, empreendedora que ficou sem trabalho durante a pandemia e decidiu investir na produção de velas aromáticas. A jovem criou a marca digital Cian Candle e começou a vender online através da Nuvemshop. Hoje, Marina já fatura cerca de R$ 30 mil por mês com sua loja online e o sucesso foi tão grande que importantes marcas como Amaro começaram a revender seus produtos. Por conta do aumento da produção, a empreendedora está expandindo a equipe.

Essa é uma das histórias que está por trás das mais de 75 mil lojas virtuais que utilizam a plataforma da Nuvemshop, volume que irá chegar a centenas de milhares nos próximos anos. Essa curva de crescimento é baseada na expectativa de aumento da penetração do e-commerce no varejo e da forte dedicação da empresa em continuar facilitando a entrada de novos empreendedores no mundo digital.

“A Nuvemshop está em uma posição única para continuar ajudando os empreendedores da América Latina a se conectarem diretamente com seus clientes”, disse Ethan Choi, sócio da Accel. E Andrew Braccia, também sócio da Accel e membro do Conselho de Administração da Nuvemshop, complementa: “Estamos entusiasmados em apoiá-los em seu próximo estágio de crescimento durante este período sem precedentes de adoção ao comércio eletrônico”.

Nuvemshop conecta diretamente lojistas e consumidores na América Latina

Para resolver as dores mais latentes dos empreendedores e gerar impactos positivos em seus negócios e na economia como um todo, a Nuvemshop está construindo um ecossistema que vai muito além de uma plataforma de e-commerce. A companhia fornece ferramentas tecnológicas para que outras empresas de diferentes ramos (logística, pagamento, ERP, ferramentas de marketing etc) possam conectar suas próprias soluções. “Além de apoiar empreendedores do varejo digital, estamos criando uma economia paralela de serviços, onde plataformas tecnológicas conseguem chegar aos nossos lojistas com soluções inovadoras, beneficiando as duas pontas e fazendo a roda virtuosa do emprego e crescimento econômico girar ainda mais.” explica Sosa.

Outra vantagem dentro do ecossistema da Nuvemshop é que os lojistas conseguem se conectar diretamente com milhares de agências e profissionais especializados em marketing digital, conteúdo, posicionamento de marca, desenvolvimento, design, entre outros temas que são importantes para alavancar o seu negócio.

As metas da companhia ao longo de 2021 e para os próximos anos são ambiciosas. Além de ser referência para pequenos e médios empreendedores, a empresa quer expandir o seu leque de clientes e atender, cada vez mais, marcas que são muito conhecidas no mercado, como a Lolja (vende produtos do Felipe Neto, um dos influenciadores mais famosos do Brasil). A Nuvemshop também irá aumentar a sua presença em toda a América Latina. Atualmente, a empresa tem escritórios no Brasil, Argentina e México e quer chegar na Colômbia, Chile e Peru.

“Com toda essa movimentação, continuaremos acelerando o tamanho do nosso negócio para continuar sendo a escolha óbvia para qualquer lojista da região que queira digitalizar seu comércio”, comenta Santiago. “Esperamos crescer mais de 20 vezes nos próximos 5 anos”.

Total de vendas dos clientes da Nuvemshop deve ultrapassar R$ 7 bilhões em 2021

Este ano, a Nuvemshop estima ultrapassar R$ 7 bilhões no total de vendas dos clientes (GMV) na América Latina. Em 2020, este montante foi de R$ 3.5 bilhões, aumento de 280% em relação a 2019.

Para continuar com esse forte crescimento em todos os mercados, a companhia está aumentando o seu quadro de funcionários. O volume de colaboradores saltou de 160 para 400 profissionais em um ano e a empresa estima ultrapassar 2 mil até 2023.

Todas essas metas ambiciosas e planos de expansão são motivados pela visão da empresa a respeito do futuro do comércio eletrônico. “A penetração do e-commerce no varejo brasileiro dobrou em 2020, saltando de 5% para 10%. Ao mesmo tempo que o Brasil acaba de alcançar dois dígitos, a participação do comércio eletrônico no varejo chinês beira os 50%, podendo fazer com que a China se torne o primeiro país onde o e-commerce supera as lojas físicas, segundo pesquisa da e-Marketer. Além disso, o índice das vendas online nos países como Reino Unido e Coréia do Sul chega em torno de 30%”, completa Santiago.

Comments are closed