SoftBank, WeWork e Flávia Gamonar lançam iniciativa para acelerar o crescimento de startups lideradas por mulheres no Brasil

SoftBank, WeWork e Flávia Gamonar lançam iniciativa para acelerar o crescimento de startups lideradas por mulheres no Brasil

A WeWork, líder global em espaços de trabalho flexíveis, o SoftBank Group International (“SoftBank”) e a consultora Flávia Gamonar anunciaram hoje o lançamento da iniciativa “O Amanhã é delas”, um programa com o objetivo de apoiar o crescimento de startups lideradas ou fundadas por mulheres na América Latina e Estados Unidos.

Como parte da iniciativa, a WeWork fornecerá em torno de US$ 5 milhões em espaços de trabalho flexíveis na América Latina e Estados Unidos para receber empresas selecionadas nos escritórios por um ano, sem custos. Em conjunto, SoftBank e Flávia Gamonar conduzirão sessões exclusivas de mentoria com os participantes, fornecendo apoio e orientação enquanto as empresas selecionadas continuam expandindo seus negócios.

O programa prevê apoiar mais de 60 startups lideradas ou fundadas por mulheres da região. No Brasil, “O Amanhã é delas” selecionará 10 iniciativas. Empresas elegíveis e fundadoras podem sinalizar interesse em participar da iniciativa no seguinte website: we.co/elas. As inscrições serão aceitas até 1h59 de 1º de abril de 2021.

A iniciativa foi estabelecida em resposta ao impacto desproporcional que a pandemia da COVID-19 teve sobre as mulheres empreendedoras da região. Na América Latina, a taxa de participação das mulheres no mercado de trabalho era de 46% em 2020, enquanto para os homens era de 69% (em 2019 elas alcançaram 52% e 73,6%, respectivamente),[1]levando a um retrocesso de mais de uma década no progresso da equidade de gênero e da participação das mulheres no mercado de trabalho da região. [2]Segundo o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), no terceiro trimestre de 2020, apenas 45,8% das brasileiras economicamente ativas contavam com um emprego formal. Trata-se da menor participação em 30 anos. A questão é tão séria que o tema “Mulheres na Liderança: alcançando um futuro igual em um mundo com COVID-19” foi escolhido pela ONU (Organização das Nações Unidas) para representar o Dia Internacional da Mulher deste ano.

“O programa O Amanhã é delas procura não apenas aumentar a consciência de uma questão crítica que passou em grande parte despercebida durante a crise da COVID-19, mas também impulsionar mudanças significativas e duradouras para as mulheres na força de trabalho”, disse Lucas Mendes, Diretor Geral da WeWork no Brasil.

Estudo do Boston Consulting Group (BCG) indica que, se mulheres e homens estivessem igualmente envolvidos no ecossistema empreendedor, o PIB global poderia aumentar até 6%, impulsionando a economia do mundo inteiro em até US$ 5 trilhões. “Trazer isso para a realidade requer o esforço e o compromisso da sociedade como um todo”, enfatiza Mendes.

“Temos a honra de lançar o programa O Amanhã é Delas, ao lado da WeWork, para apoiar a representatividade das mulheres latino-americanas na força de trabalho após a pandemia”, disse Marcelo Claure, CEO do SoftBank Group International e Presidente Executivo da WeWork. “Ao abordar tanto a região da América Latina quanto as mulheres de cor sub representadas, esta iniciativa combina muitos dos objetivos que o SoftBank se esforça para atingir, particularmente por meio do SoftBank Latin America Fund e do SB Opportunity Fund. Como imigrante da Bolívia, assim como pai de cinco filhas, espero alcançar um impacto positivo entre as mulheres da região, contribuindo para mudanças significativas e sustentáveis tanto na América Latina como no mundo inteiro nos próximos anos”.

A consultora Flávia Gamonar, especializada em educação corporativa e desenvolvimento profissional, apoiará as empresas selecionadas por meio de mentorias. “Como eu mesma sou empreendedora, sei como o início é difícil e estou empolgada para ajudar mulheres e ideias cheias de potencial a crescerem”, comentou.

Em 2020, a WeWork promoveu iniciativa parecida com o objetivo impulsionar o empreendedorismo negro, 11 startups brasileiras foram selecionadas e ocupam escritórios da WeWork, sem custos, atualmente.

[1] CEPAL: https://brasil.un.org/pt-br/111344-cepal-pandemia-retrocedeu-em-mais-de-uma-decada-participacao-das-mulheres-no-mercado-de

[2] IPEA: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2020/09/07/participacao-das-mulheres-no-mercado-de-trabalho-e-a-menor-em-30-anos-diz-ipea.ghtml

Comments are closed