Mastercard anuncia maratona do Girls4Tech e inspira meninas a desenvolverem habilidades em ciência, tecnologia, engenharia e matemática

Mastercard anuncia maratona do Girls4Tech e inspira meninas a desenvolverem habilidades em ciência, tecnologia, engenharia e matemática

No mês do Dia Internacional da Mulher, a Mastercard anuncia uma maratona regional do Girls4Tech, um programa para inspirar meninas a desenvolverem habilidades STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) que acontecerá pela primeira vez em uma série de eventos virtuais e simultâneos, realizados no dia 8 de março em 15 países da América Latina e Caribe, incluindo o Brasil.

Estima-se que 80% dos empregos que serão criados na próxima década exigirão habilidades de matemática e ciências aplicadas, embora menos de 30% desses empregos sejam atualmente ocupados por mulheres. A Mastercard acredita que é necessário inspirar as meninas a desenvolver seu potencial nas áreas STEM desde a infância.

O Girls4Tech é um programa focado em um plano de estudos STEM exclusivo e interativo que busca impactar 1 milhão de meninas com idades entre 8 e 16 anos em 40 países até 2025. Traduzido para 14 idiomas, seu currículo é baseado em padrões globais científicos e matemáticos que mostram a tecnologia de pagamentos, e é apresentado por colaboradores da empresa como mentores.

Como parte dessa maratona regional, neste dia 8 de março, a Mastercard realizará pela primeira vez uma série de eventos virtuais e simultâneos nos quais um grupo de meninas de 15 países da região da América Latina e do Caribe participará de sessões, a fim de introduzi-las nos campos da criptologia, detecção de fraudes e convergência digital. Os países incluem Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Jamaica, México, Panamá, Peru, Porto Rico, República Dominicana e Venezuela.

No Brasil, meninas das ONGs Visão Mundial, Cades, Arte Cidadã e Associação de Apoio ao Projeto Quixote participarão da maratona. Pela primeira vez, as atividades serão realizadas além do eixo São Paulo, incluindo a praça de Fortaleza.

“Sabemos que a participação de mulheres em áreas ligadas a finanças e tecnologia ainda está longe do ideal e isso reflete estereótipos de gênero que foram historicamente construídos. O Girls4Tech é uma das formas que encontramos de enfrentar esse problema de frente e esperamos que esses recursos de aprendizado sejam uma maneira divertida de engajar e inspirar garotas sobre as áreas de STEM. Acreditamos que um mundo com oportunidades equitativas cria possibilidades ilimitadas e oferece a todos a chance de liberar seu potencial, perseguir suas paixões e fazer coisas extraordinárias acontecerem”, afirma Sarah Buchwitz, vice-presidente de Marketing e Comunicação da Mastercard Brasil.

Comments are closed