Huawei lidera pedidos de patentes globais pelo quarto ano consecutivo

Huawei lidera pedidos de patentes globais pelo quarto ano consecutivo

Com 5.464 pedidos de patentes internacionais, a companhia segue à frente em inovação tecnológica, fruto do investimento massivo em Pesquisa & Desenvolvimento

De acordo com dados divulgados na terça-feira, 2 de março, pela Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO), a Huawei foi a companhia que mais solicitou patentes em todo o mundo no ano de 2020. Com um total de 5.464 requerimentos, a líder global em equipamentos de telecomunicações se manteve no topo do ranking, onde está desde 2017.

A Huawei ocupa ainda o primeiro lugar entre as companhias detentoras das patentes 5G globais, com 15,4% dos registros, segundo classificação realizada pela IPlytics / Statista de fevereiro de 2021. A liderança na corrida pelo 5G é fruto dos fortes investimentos da companhia em pesquisa e desenvolvimento.

Líder global em soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), a Huawei investe mais de 10% de suas receitas, anualmente, em Pesquisa e Desenvolvimento. Só em 2019, investimos 19 bilhões de dólares em P&D. Com um portfólio que inclui equipamentos para telecomunicações, datacenters e soluções de energia, a empresa busca estar sempre no topo em inovação. E, dessa forma, obtém continuamente o reconhecimento de instituições internacionais.

A Huawei está no Brasil há 23 anos, trazendo seu portfólio de equipamentos e soluções aos consumidores brasileiros, fruto de seu investimento constante em inovação. “Juntamente com nossos clientes e parceiros, contribuímos para o desenvolvimento de redes móveis e de banda larga que cobrem 95% da população brasileira. Fomos parceiros das operadoras no lançamento das primeiras redes 3G, 4G e 4.5G no País e ajudamos a construir a primeira rede de fibra ótica de alta velocidade na Floresta Amazônica, que conecta 20 cidades e beneficia quase 4 milhões de pessoas. A Huawei faz parte da vida digital brasileira”, afirma Sun Baocheng, CEO da Huawei no Brasil.

Comments are closed