Aumenta procura de emprego entre candidatos de 50 anos ou mais

Aumenta procura de emprego entre candidatos de 50 anos ou mais

Número de candidatos no segundo semestre foi de 43.770

Houve aumento de 7,5% na busca de empregos por candidatos com 50 anos ou mais no segundo semestre de 2020 comparado ao mesmo período 2019, de acordo com levantamento do Banco Nacional de Empregos – BNE e da plataforma de admissão digital Lugarh. Nos últimos seis meses de 2019, foram 40.712 novos candidatos deste perfil frente a 43.770 em 2020.

Para o CEO do BNE, Marcelo de Abreu, a crise econômica causada pela covid-19 desencadeou aumento na procura por emprego, incluindo profissionais de 50 anos ou mais. “Com a pandemia, muitas pessoas perderam seus empregos ou ainda tiveram contratos reduzidos. Com a retomada das atividades econômicas no segundo semestre de 2020, houve aumento da busca por oportunidades”, conta.

A pandemia contribuiu para aceleração da “Transformação digital”, fazendo com que atividades tivessem que ser reinventadas e adaptadas. “Para isso, os candidatos de 50 anos ou mais devem ficar atentos ao mercado de trabalho, investindo em conhecimentos para se atualizar, usando a tecnologia a seu favor, além de investir em network e explorar pontos fortes que possam contribuir para o sucesso da empresa”, diz Abreu.

Mais movimentação do mercado

O número geral de novos candidatos que cadastraram currículos no segundo semestre de 2020 subiu 11% em relação ao mesmo período de 2019. Foram 741.960 registros no Banco Nacional de Empregos ano passado contra 665.396 no ano anterior. “Este dado aponta ainda que, além das empresas, os candidatos também estão movimentando para retornar ao mercado de trabalho”, comenta Marcelo.

Comments are closed