Tmov, marketplace de cargas da Sotran, recebe investimento de R$100 milhões do Arlon e Grupo Fitpart

Tmov, marketplace de cargas da Sotran, recebe investimento de R$100 milhões do Arlon e Grupo Fitpart

Aporte irá viabilizar o crescimento do principal marketplace de logística do agronegócio no Brasil, além de impulsionar em 70% o número de contratações para a área de tecnologia da empresa

A Sotran, logtech líder do setor de transporte rodoviário de cargas para o agronegócio, anuncia investimento de R$ 100 milhões liderado pelo Arlon Group, fundo de private equity norte-americano, e pelo grupo FitPart, investidor de longo prazo. Este é o segundo investimento que a companhia recebe.   

Com o aporte, a Sotran tem planos de escalar ainda mais o seu marketplace de logística do agronegócio, o Tmov, ampliar e fidelizar a base de motoristas e lançar novos produtos digitais focados em caminheiros, embarcadores e transportadoras. Para isso, os planos são audaciosos e os números confirmam. A Sotran atingiu 1.3 bilhão de faturamento, em 2020, e a estimativa é crescer 40% em receita ainda este ano. A receita da empresa ligada à sua plataforma digital Tmov cresceu 201% de 2019 para 2020, tendo em vista a atuação da empresa com foco na digitalização da jornada da sua base de mais de 180 mil caminheiros.

Ao olharmos para o mercado mundial de logística e seus principais players, iremos perceber que existem dois modelos que competem. De um lado, as transportadoras digitais, e de outro, as empresas que oferecem um conceito de arquitetura aberta para anúncio online de cargas. A Sotran, com toda a sua expertise e tecnologia de ponta, entra nessa guerra ideológica com soluções para os dois públicos, oferecendo a solução de uma transportadora digital e acesso a uma plataforma de marketplace de logística para embarcadores e transportadoras que desejam digitalizar as suas operações. 

“A visão da Sotran é abrir o caminho digital para um futuro melhor dos caminheiros. Nos últimos anos, tivemos muito sucesso em alavancar tecnologia para aumentar a receita e o lucro dos milhares dos motoristas que utilizam a nossa plataforma a cada mês. E no processo, reinventamos a jornada trazendo maior visibilidade e transparência na cadeia para os nossos clientes embarcadores. Com este aporte, vamos ter recursos para expandir a nossa base e investir ainda mais no nosso principal produto, o Tmov, agora em soluções de marketplace para embarcadores e transportadoras. Também ampliaremos o time de tecnologia em mais de 70%”, afirma Charlie Conner, CEO da Sotran Logística.

No portfólio da Sotran estão mais de 900 clientes, como Seara, Cargill, Coamo, Coopersucar, Yara e BRF. O agronegócio é o carro-chefe, tendo como maior demanda da empresa o transporte de soja, açúcar e milho, mas a Sotran opera com o transporte de cargas em outros segmentos também, a exemplo de fertilizantes.

A maré está para as logtechs

O setor de logística tem sido alvo de forte disrupção nos últimos anos, no mundo inteiro, dada a importância para as economias, as ineficiências das cadeias em muitos países e a capacidade da tecnologia de melhorar a experiência do usuário e aumentar a eficiência. No Brasil, a Sotran é uma das principais protagonistas da transformação digital neste segmento. A plataforma Tmov é um exemplo de marketplace que oferece uma das poucas soluções integradas, de ponta a ponta.

O app conecta motoristas e cargas disponíveis, em tempo real e em todo o território nacional, em poucos cliques e de forma automatizada, permitindo velocidade e precisão nas entregas. Além disso, oferece aos caminhoneiros e gestores de frota uma gestão logística completa, incluindo gerenciamento de risco inteligente, serviços financeiros e uma carteira digital em que os motoristas podem receber pelo frete, fazer saques, fazer uma gestão financeira e reduzir o custo do diesel.

Empresas já conhecidas, como Uber Freight, Convoy, Full Truck Alliance e Blackbuck, são exemplos bem-sucedidos nos mercados dos EUA, China e Índia.

Atualmente, o Tmov já soma mais de 100 mil downloads, 60 mil usuários mensalmente ativos e mais de 75 mil contas no cartão de débito da plataforma. A Sotran tem em seus planos continuar investindo em produtos digitais e na expansão da base de caminheiros para o transporte rodoviário de cargas, que representa mais de R$ 400 bilhões no País e só o setor de agro rodoviário corresponde a R$ 40 bilhões.

“Acreditamos no potencial do Tmov para elevar o nível de inovação na logística. O mercado pode esperar novidades em termos de produtos digitais para motoristas, frotistas, embarcadores e grandes empresas que precisam transportar sua matéria prima, principalmente, com as últimas safras recordes que o Brasil teve e as próximas que já são esperadas”, aponta Bruno Martins Silva, Managing Principal da Arlon.

O Lazard atuou como assessor financeiro exclusivo da Sotran para a operação.

Comments are closed