Dia da Internet Segura: Saiba como evitar transtornos ao navegar na web

Dia da Internet Segura: Saiba como evitar transtornos ao navegar na web

O Dia da Internet Segura foi criado na Europa há mais de uma década. Hoje, o movimento ganhou força, sendo comemorado em 140 países ao redor do mundo. Também conhecido como “Safer Internet Day”, ele ocorre no dia 9 de fevereiro e tem como objetivo conscientizar a população sobre o uso seguro, ético e responsável das novas tecnologias.

Falar sobre segurança virtual se torna cada vez mais necessário. A web é o ambiente em que o usuário está mais exposto aos tão temidos hackers. Segundo o relatório da Fortinet, no ano de 2020 o Brasil sofreu mais de 3,4 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos de janeiro a setembro, de um total de 20 bilhões em toda a América Latina e Caribe.

As técnicas para conseguir, de alguma forma, invadir os computadores e ter acesso a informações pessoais ficam cada vez mais sofisticadas. Sendo assim, uma série de práticas e ferramentas foram – e estão sendo – criadas para melhorar a experiência dos usuários enquanto navegam na web. Abaixo, Marcello Liviero, Diretor Nacional de Vendas da TP-Link Brasil, líder global em conectividade, indica como acessar à internet com muito mais segurança. Confira:

• Escolha um software de segurança:

Quando se trata de segurança virtual, Marcello afirma que a primeira medida a se adotar é instalar um software de proteção. Isso vale para o computador, tablet e celular. A sua ausência pode ser a brecha que um vírus precisa para invadir os seus dispositivos. Eles atuam na identificação, prevenção e impedimento de ataques à rede.

“A TP-Link possui o roteador Deco M5, com a tecnologia Mesh, que já conta com o antivírus integrado. Uma maneira fácil e segura de proteger os seus dispositivos”, comenta.

• Evite divulgar dados pessoais:

Outra dica sugerida pelo executivo é evitar cadastrar endereço, telefone e número de documentos nas redes sociais ou em qualquer serviço em que um desconhecido possa acessar suas informações. Dessa forma, é possível se prevenir contra o roubo de informações e dados pessoais.

• Não salve senhas no navegador:

O Google Chrome pode exibir senhas em texto caso outro usuário tenha acesso ao computador. Problemas também ocorrem com frequência quando se esquece de se deslogar da conta de e-mail ou redes sociais. Por isso, Liviero reforça que é importante sempre se lembrar de limpar o histórico do browser e usar um gerenciador de senhas.

• Atenção redobrada com as crianças:

Por serem mais inocentes, os pequenos estão mais suscetíveis a cair nas armadilhas da Internet. Por isso, é muito importante ter uma conversa sobre educação digital com as crianças. Assim, elas terão consciência sobre o que pode ou não fazer nos ambientes digitais.

“Os roteadores da TP-Link, por exemplo, contam com a função Controle dos Pais, que permite limitar o tempo on-line e bloquear sites inadequados, de acordo com perfis exclusivos que você pode criar para cada membro da família. Assim fica mais fácil acompanha-los quando estão online”, declara.

• Cuidado com os anúncios:

Sabe aqueles pop-ups ou banners que aparecem pulando na tela, durante uma navegação por um site ou aplicativo? É melhor ignorá-los. “Eles são os grandes responsáveis por diversos problemas com vírus, podendo envolver, inclusive, a invasão de dados e a contaminação de arquivos”, explica.

• Não baixe arquivos de sites desconhecidos:

Baixar arquivos online é uma das principais formas de se obter vírus ou arquivos nocivos em sua conexão. Para evitar problemas, o diretor recomenda fazer o download apenas em sites confiáveis, com remetentes conhecidos ou plataformas seguras.

• Cuidado ao utilizar redes de Wi-Fi públicas:

Estabelecimentos, como bares, restaurantes e padarias, costumam disponibilizar Wi-Fi gratuito aos clientes. No entanto, o acesso à internet nesses locais pode ser muito arriscado caso se esteja acessando dados confidenciais de trabalho ou sites de banco. “O mais recomendado nesses casos é usar uma conexão do celular e compartilhá-la com outros dispositivos”, finaliza.

Comments are closed