PagSeguro PagBank é a primeira empresa brasileira listada em Nova York a ter BDRs negociados na B3

PagSeguro PagBank é a primeira empresa brasileira listada em Nova York a ter BDRs negociados na B3

O PagSeguro PagBank, que promove soluções inovadoras em serviços financeiros e meios de pagamento, é a primeira empresa brasileira listada na bolsa de Nova York (NYSE) a ter BDRs (recibos de ações) negociados na B3. A partir de hoje, as negociações com os papéis sob o código PAGS34 (PagSeguro) já estão disponíveis para investidores brasileiros.

O PagSeguro PagBank possui capital aberto na maior bolsa dos Estados Unidos, a de Nova York (NYSE), desde janeiro de 2018. Na época também realizou a maior abertura de capital (IPO) de uma empresa brasileira naquele mercado.

Desde o seu IPO, as ações do PagSeguro PagBank registraram valorização de mais de 140% em dólares, considerando o preço de fechamento de mercado do dia 01 de fevereiro de 2021.

Através da B3, os BDRs de PagSeguro PagBank (PAGS34) podem ser negociados de maneira simples, em reais, estando sujeitos, claro, às oscilações cambiais. O preço inicial do recibo é por volta de R$ 50, o que o torna acessível a grande parte dos investidores brasileiros

“Vale destacar o nosso pioneirismo em já ter sido a primeira companhia brasileira 100% listada na bolsa de Nova York e, agora, a primeira a ter os BDRs listados na B3”, avalia o CEO do PagSeguro PagBank, Ricardo Dutra.

O que são os BDRs

Conhecidos pela sigla BDR, os Brazilian Depositary Receipts são certificados que representam ações emitidas por empresas em outros países, mas que são negociados aqui como, por exemplo, no pregão da B3.

Os certificados de depósito no Brasil podem ser emitidos tanto por bancos, agentes originadores, quanto pelas próprias companhias estrangeiras e brasileiras que desejam ofertar os certificados na B3.

Comments are closed