Binance Research analisa comportamentos e preferências do usuário cripto

Binance Research analisa comportamentos e preferências do usuário cripto

À medida em que a adoção em massa do investimento em criptomoedas se torna mais acessível, a confiança nesta classe de ativos cresce em todo o mundo, apontam os novos insights do “2021 Global Crypto User Index”, o novo estudo da Binance Research.

O primeiro relatório examina dados de mais de 61.000 usuários de criptomoedas em todo o mundo, lançando luz sobre as motivações, comportamentos e preferências desse público crescente.

De acordo com os resultados, há uma confiança quase unânime nas criptomoedas (97%) entre os usuários. Mais da metade (52%) não considera o investimento em cripto um hobby, mas sim um meio de renda. Para 15% dos usuários, as criptomoedas são consideradas suas principal fonte de rendimentos. Enquanto isso, os três principais motivos pelos quais os usuários investem em criptoativos são (1) possuir cripto como parte de uma estratégia de investimento de longo prazo (55%), (2) desconfiar do sistema financeiro atual (38%) e (3) oportunidades de negociação de curto-prazo (31%).

“Estamos vendo uma adoção acelerada de criptomoedas, à medida que mais empresas importantes mostram apoio e fornecem canais adicionais para as pessoas investirem. É cada vez mais importante entendermos os usuários de cripto, bem como suas atitudes e comportamentos correspondentes”, disse um porta-voz da Binance Research. “O objetivo do nosso 2021 Global Crypto User Index é compreender as semelhanças e diferenças entre os usuários de criptomoedas de varejo nos diferentes tipos de perfil, bem como em diferentes países e mercados.”

Principais insights do relatório:

• Bitcoin continua a reinar: Bitcoin, que é detido por 65% dos usuários que possuem qualquer criptoativo, continua a ser a criptomoeda mais popular. 30% dos proprietários de Bitcoins alocam de 1 a 20% de seu portfólio cripto em BTC.

• Principais usos para criptomoedas: embora a maioria das criptomoedas seja mantida como reserva (hold) (39%), os usuários também usam seus ativos digitais para depósito e empréstimo (22%) e pagamentos (11%). E embora o uso de cripto como meio de troca possa não ser percebido como o caso de uso mais importante (21%), o uso real (38%) sugere que as criptomoedas estão assumindo a função de dinheiro mais do que os usuários prevêem.

• As exchanges são o local mais popular para armazenar criptomoedas: 60% dos usuários mantêm seus ativos digitais dentro dessas empresas. Os usuários citam a segurança (28%), seguida de UI/UX (25%) e pares de negociação disponíveis (23%) como os fatores mais importantes na escolha de uma exchange.

• Os usuários tendem a usar fundos disponíveis (63%) para comprar criptomoedas. Os usuários na Holanda têm menos probabilidade de comprar criptomoedas com capital emprestado (3%), enquanto os usuários na China são mais propensos a fazê-lo​​(23%).

• DeFi está ganhando velocidade. 66% de todos os usuários disseram que estão usando aplicações DeFi. DeFi é mais popular no sudeste da Ásia, onde mais de 54% dos usuários pesquisados ​​usam dApps.

• Os usuários acreditam na liberdade do dinheiro. A confiança institucional mais baixa se correlaciona com uma confiança mais alta em criptomoedas: 17 dos 20 mercados representados têm menos de 50% de confiança nas instituições locais.

Para acessar o relatório “2021 Global Crypto User Index report”, visite o site: research.binance.com/en/analysis/global-crypto-user-index-2021

Comments are closed