Como usar dados na tomada de decisão estratégica

Como usar dados na tomada de decisão estratégica

Cerca de 60% das empresas brasileiras baseiam suas decisões em Data & Analytics, segundo o Global State of Enterprise Analytics 2019. Diante disso, é essencial conhecer as formas de uso dessas informações para melhorar toda a operação e auxiliar na tomada de decisão estratégica.


Segundo Antonio Rodrigues, um dos fundadores e vice-presidente da BRQ Digital Solutions, uma das maiores empresas de tecnologia do país, especializada em Data & Analytics, por meio dos dados é possível compreender informações consolidadas de tudo o que já aconteceu para prever cenários e criar planejamentos eficientes, o que permite escolher o caminho com menor grau de erro. “Assim, é possível ter maior agilidade nas empresas. Além disso, as informações apoiam a criação de melhores estratégias de negócio, ao permitir entender situações que possam vir a ocorrer no mercado”, explica Antonio.

Para usar os conceitos em tomadas de decisão é preciso identificar quais informações são relevantes para cada demanda e, então, definir uma estratégia de coleta e análise. Segundo Antonio, são diversas as áreas que os dados podem aprimorar. “Fazer uma análise diagnóstica do negócio, por exemplo, ajuda a entender o status da empresa, seus erros e acertos.

Dessa forma, os processos podem ser aprimorados e as decisões futuras terão um direcionamento mais embasado. As informações também ajudam na criação de insights certeiros ao detectar padrões em diversas áreas do negócio – vendas, resultados internos, etc”, destaca.

“A partir de pesquisas, entende-se as reais necessidades dos clientes, o que ajuda a construir serviços e processos mais personalizados e, portanto, mais bem-sucedidos com o público alvo.” reforça Antonio Rodrigues.

Ao tomar decisões com base em dados, é interessante levar em consideração se essas ações foram bem sucedidas. Para realizar essa avaliação, é proveitoso seguir alguns passos:

1) Defina os objetos da análise, o que se espera alcançar com o estudo;
2) Crie um planejamento que determine as fontes dos dados, os processos de análise e os responsáveis;
3) Crie indicadores que façam sentido para cada negócio.

Comments are closed