Overdrives e NE Capital anunciam as startups do programa de aceleração

Overdrives e NE Capital anunciam as startups do programa de aceleração

O Centro de Inovação da UNINASSAU – Overdrives e a NE Capital divulgaram, nesta terça-feira (22), as cinco startups que irão receber o aporte total de até R$800 mil reais para participar do programa de aceleração Pontes Overdrives. As escolhidas foram: Whywaste, Afarma, Scamb, Bota na Rifa e Bhave.

Pelo Pontes Overdrives, cada startup receberá um aporte de R$160 mil por um ciclo de seis meses de aceleração, podendo ser estendidos por mais seis meses. O presidente do Ser Educacional, grupo mantenedor da Overdrives, Jânyo Diniz, ressaltou o investimento. “Com o aporte e a aceleração, as empresas poderão desenvolver seus projetos com suporte significativo nos próximos meses. A parceria com a NE Capital, do Grupo JCPM, também vai potencializar a possibilidade de conexões, negócios e crescimento.”

Sérgio Barreto, gerente de Inovação do Grupo JCPM, empresa da qual faz parte a NE Capital, pontua a relevância de conseguir atrair ideias de todo o País, muitas delas focadas em resolver problemas e dores reais do nosso cotidiano. “A chamada, que foi nossa primeira, se mostrou interessante e, até certo ponto, com formato célere na identificação de possíveis novos negócios para o Grupo. E termos nos unido a uma empresa que já tem experiência nesse processo, como é o caso da Overdrives, foi uma grande vantagem”. O gestor destaca ainda que, num futuro próximo, o Grupo pode também buscar startups para atuar de forma mais sinérgica com os negócios onde o JCPM já tem atuação, como é o caso de Comunicação e Shopping Center.

O diretor da Overdrives, Luiz Gomes, destacou o potencial das selecionadas. “Todas as escolhidas têm projetos maduros e com grande possibilidade de contribuição para a sociedade. Vamos trabalhar juntos no desenvolvimento dos negócios, viabilizando novos contatos e investimentos adequados.”

Conheça as selecionadas:

Whywaste (RJ)
Sistema que monitora o vencimento dos produtos de um mercado, diminuindo o volume de alimentos descartados por prazo de validade;

aFarma (RJ)
Plataforma que simplifica o processo de retirada de medicamentos subsidiados pelo governo por meio das farmácias populares;

Scamb (SP)
Plataforma para compra e venda de produtos usados, hoje focada em artigos do vestuário feminino, mas com projeção de crescimento para outras categorias;

Bota na Rifa (PE)
Sistema de gestão de rifas on-line;

BHave (PE)
Plataforma para suportar a atuação profissional de psicólogos que tratam paciente com autismo, utilizando a metodologia ABA (Análise do Comportamento Aplicada – em português).

Comments are closed