Bayer lança seu primeiro centro de inovação na América Latina

Bayer lança seu primeiro centro de inovação na América Latina

Espaço LifeHub SP. Divulgação/Reinaldo Canato

A Bayer, multinacional alemã líder em saúde e nutrição, lança nos dias 24 e 25 de novembro o LifeHub São Paulo, seu primeiro hub de inovação aberta no Brasil e oitavo no mundo, com o objetivo de promover e acelerar soluções e processos inovadores relacionados à saúde e nutrição para desafios internos e externos, envolvendo colaboradores, clientes, ecossistema e da sociedade como um todo, em todas as três principais divisões de negócio da empresa – Crop Science, Pharmaceuticals e Consumer Health.

O LifeHub São Paulo é muito mais do que um espaço físico: é um verdadeiro ecossistema de inovação, focado em parceiras com startups, programas de mentoria, sessões de co-criação e desenvolvimento de projetos inovadores de positivo impacto socioambiental. A iniciativa conta também com um espaço físico que ocupa 1500m² na sede da empresa em São Paulo, no bairro do Socorro. Foram construídas 40 estações abertas de trabalho, auditórios para compartilhamento de ideias, espaços de co-working, laboratório experimental de tecnológica e um estúdio para a criação de conteúdo.

Com as restrições de segurança impostas pela pandemia da Covid-19, o espaço não será amplamente utilizado em um primeiro momento. Sendo assim, a empresa, que tem a busca incessante pela inovação como um de seus principais direcionadores de negócio, investiu na ampliação do conceito do LifeHub São Paulo para o ambiente digital, a fim de que o projeto continuasse caminhando, que os negócios se mantivessem vivos e que o processo de transformação organizacional pelo qual a empresa vem passando continuasse a pleno vapor – e até se potencializasse.

Para citar um exemplo de ação lançada pelo LifeHub São Paulo antes mesmo de sua inauguração oficial, a companhia promoveu a campanha “Missão contra o COVID-19” para que os colaboradores pudessem propor ideias de melhorias para a Bayer e a sociedade, durante esse cenário de pandemia. Uma das propostas avaliadas foi a aproximação com o Hospital de Amor em Barretos, no interior do país São Paulo. A Bayer então convidou as empresas Alcoeste e Sorocaba Refrescos para apoiarem a causa e realizarem uma doação conjunta de 80 mil garrafas de 500 ml de álcool em gel. O objetivo foi ajudar profissionais que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 da instituição. A doação foi suficiente para atender a demanda do Hospital de Amor e de todas as suas unidades por mais de 30 meses de operação.

Transformação organizacional

Apesar de ser um marco que consolida o processo de modernização da empresa, o LifeHub São Paulo não é uma iniciativa isolada, e nasce em um contexto de profunda transformação organizacional da Bayer, com foco na digitalização de processos, mas, essencialmente, em uma renovação cultural profunda.

“Este processo transformador, que parte de uma estratégia global de inovação aberta e está alinhado ao nosso propósito de “Ciências por uma vida maior”, nasceu de um entendimento nosso de que os processos internos e a cultura que nos trouxeram ao presente, ao longo de nossos 150 anos de tradição, não nos levariam para o futuro. Diante disso, a Bayer está estreitando relacionamento com startups e investindo em programas de intraempreendedorismo para elaborar soluções inovadoras e colaborativas para desafios de saúde e nutrição, alinhadas a nossa visão ‘saúde para todos, fome para ninguém’”, afirma Marc Reichardt, CEO da Bayer Brasil. Este foi o contexto em que nasceu e foi desenvolvida a ideia de criar um hub de inovação no Brasil e que culmina na inauguração do LifeHub São Paulo nos dias 24 e 25 de novembro.

Em função deste amplo processo de digitalização, acelerado pela pandemia, vários projetos foram pensados e organizados para serem desenvolvidos remotamente. Com o LifeHub São Paulo, a empresa pretende consolidar todos os seus processos, desafios e conhecimento em inovação em um único ecossistema, nos ambientes físico e/ou digital. “Por meio deste centro, a Bayer poderá se conectar a startups, fornecedores, clientes, parceiros outros hubs de inovação, institutos, universidades e até com o governo e com a sociedade civil na busca por soluções a problemas internos, de clientes e dos mercados em que atua. Nossa visão de inovação é focada em contribuir para resolver os principais problemas de saúde e nutrição do nosso tempo. E é isso que temos feito”, completa Reichardt.

Evento de lançamento O LifeHub será lançado oficialmente por meio de um evento aberto, que será realizado no YouTube Bayer Brasil nos dias 24 e 25 de novembro, entre 17h e 19h20. No primeiro dia – terça-feira, 24 de novembro – o evento sediará discussões relevantes sobre inovação de forma mais ampla, sobre a relação do tema com sustentabilidade e, por fim, sobre como inovar na gestão de pessoas. O segundo dia contará com uma apresentação em maiores detalhes do LifeHub, apresentações de cases de projetos já desenvolvidos, painéis sobre transformação digital e mais. Confira abaixo a agenda completa de cada um dos dias:

Dia 1 (24 de novembro)

• 17h às 17h05 – Vídeo de apresentação + abertura

• 17h05 às 17h15 – Marc Reichardt, CEO da Bayer Brasil, e Werner Baumann, CEO da Bayer global, falam sobre o propósito da Bayer.

• 17h15 às 17h40 – Aulão de inovação com Ricardo Garrido, Gerente Geral do Alexa, na Amazon, e Camila Novaes, Gerente de Marketing de Clientes na Visa, mediado por Viviane Filipini, Diretora de Marketing e Vendas para a Divisão Farmacêutica da Bayer.

• 17h40 às 17h50 – Daniela Kleiman discute: “Como usar a inovação para buscar soluções sustentáveis?”

• 17h50 às 18h15 – Aulão de sustentabilidade mediado por Eduardo Bastos, Líder de Sustentabilidade da Bayer Crop Science, com Ricardo Voltolini, CEO e Fundador da Ideia Sustentável, e Carlo Pereira do Pacto Global, da ONU.

• 18h15 às 18h25 – Daniela Kleiman discute formas sustentáveis de se engajar pessoas

• 18h25 às 18h50 – Transformações culturais e digitalização em Recursos Humanos: as novas habilidades requeridas, com Nina Silva, CEO e fundadora do Movimento Black Money, o jornalista Marc Tawil, Sérgio Cruz, sócio-propritário do Grupo Bridge e mediação de Flavia Ramos, Diretora de Recursos Humanos da Bayer Crop Science

• 18h50 às 19h20 – Conclusões sobre inovação, sustentabilidade e pessoas por Daniela Kleiman e apresentação sobre propósito do LifeHub e da inovação aberta na Bayer, com Caspar Van Rijnbach, Líder de TI e Transformação Digital da Bayer Brasil; e Fernanda Eduardo, Gerente de Digital e de Inovação.

Dia 2 (25 de novembro)

• 17h às 17h10 – Abertura, recapitulação do primeiro dia e apresentação do segundo

• 17h10 às 17h40 – “Bem-vindos ao LifeHub” – apresentação da estrutura física com Caspar Van Rijnbach, Líder de TI e Transformação Digital da Bayer Brasil, Fernanda Eduardo, Gerente de Digital e de Inovação, e Fabiana Sanchez, Especialista em Inovação da empresa, além de considerações finais com Daniela Kleiman.

• 17h40 às 18h – Painel sobre Transformação Digital com Silvio Meira, uma das principais referências em transformação digital no Brasil.

• 18h às 18h05 – Videocase com exemplos de transformação digital em várias áreas da Bayer Brasil.

• 18h05 às 18h15 – Apresentação de resultados de sessões de co-criação em ilustração digital, por Fabiana Sanchez, especialista em inovação da Bayer Brasil.

• 18h15 às 18h35 – Painel de inovação aberta com Natura e Nestlé – empresas que integram a plataforma 100 Open Startups – e mediação de Dirceu Júnior, líder de inovação aberta na Bayer Crop Science.

• 18h35 às 18h55 – Painel sobre “Dados e Empreendedorismo” com Tallis Gomes, fundador da EasyTaxy e da Singu e Rafael Garcia, da Climate, com mediação de Elissa Suzuki, cientista de dados da Bayer Brasil.

• 18h55 às 19h05 – Discurso final com Marc Reichardt, CEO da Bayer Brasil .

Evento de lançamento LifeHub São Paulo

Data: 24 e 25 de novembro

Horário: das 17h às 19h20 no primeiro dia e das 17h às 19h no segundo.

Link: Youtube Bayer Brasil

Comments are closed